Ipem realiza fiscalização em empresas instaladoras de Sistema de Gás Natural Veicular na Grande Vitória

Fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (Ipem-ES), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) no Estado participaram de uma operação de fiscalização em empresas que instalam sistema de conversão de Gás Natural Veicular (GNV), localizadas na Região da Grande Vitória. Quinze empresas receberam a visita da equipe que verificou itens importantes no processo de instalação e manutenção e para a segurança de condutores. A operação teve início no dia 19 de maio e terminou nesta quarta-feira (26).

A operação acontece duas vezes por ano e tem por objetivo verificar o cumprimento das normas técnicas estabelecidas pelo Inmetro e a identificação de possíveis irregularidades. Os itens verificados foram desde o uso de equipamentos obrigatórios, passando pela forma correta da execução do serviço de conversão até as características do suporte técnico e cilindro de GNV utilizados. Todos os itens analisados estão listados na Portaria Nº 091 de 12 de março de 2007.

No Estado, o Ipem-ES fiscaliza 15 empresas existentes na Grande Vitória e três em Cachoeiro de Itapemirim, além de uma em Colatina e uma em Linhares. O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, afirmou que o Ipem-ES é responsável pela fiscalização de bens e serviços comercializados no Estado e, por isso, mantém constante fiscalização e análise da conformidade quanto à segurança, proteção da vida, da saúde, do ambiente, além de prevenir práticas enganosas de comércio. Esta operação com foco nas empresas instaladoras de Sistema de Gás Natural Veicular é de extrema importância para as empresas e também para a segurança do consumidor”, pontuou Hoffmann.

O diretor-geral do Ipem-ES, Rogerinho Pinheiro, informou que o foco do Ipem-ES neste tipo de ação é garantir que o consumidor não seja prejudicado. “Verificamos se os estabelecimentos estão de acordo com os requisitos estabelecidos na legislação metrológica brasileira, proporcionando uma relação de consumo justa, bem como as informações técnicas, e se os itens de segurança estão de acordo com o estabelecido com as normas do Inmetro”, disse o diretor-geral.

Irregularidades

O cidadão que suspeitar de irregularidades ou tiver dúvidas pode entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-ES, pelo e-mail: ouvidoria@ipem.es.gov.br, pelo telefone 0800 039 1112, no site (www.ipem.es.gov.br) ou presencialmente na sede do órgão, localizada na Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, 1.595, Ilha de Monte Belo, em Vitória.

 


Leia mais

Leia também