Investimentos tiveram queda de 1,1% em fevereiro, diz Ipea

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta segunda- feira (3) a retração de 1,1% no Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) na comparação entre fevereiro e janeiro. Por outro lado, o trimestre móvel terminado em fevereiro registrou alta de 22,4%. Já na comparação com o ano anterior, os investimentos subiram 7,8% em relação ao valor em fevereiro de 2020.

O Indicador mede os investimentos no aumento da capacidade produtiva da economia e na reposição da depreciação do estoque de capital fixo. A formação bruta de capital fixo é composta por máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos.

Pesquisa da CNI aponta crescimento da confiança na indústria

Segundo o estudo, enquanto a produção de máquinas e equipamentos registrou um recuo de 4,3% em fevereiro, a importação teve um aumento de 13,1% no mês. Já os investimentos em construções civis cederam 1,2%, o que marca a segunda queda consecutiva no setor após uma série de oito altas registradas.

Marcello Casal Jr/Agência BrasilMarcello Casal Jr/Agência Brasil

Leia mais

Leia também