Investimento é ‘fermento’ para o desenvolvimento da Indústria de Massas capixaba

As mudanças dos hábitos alimentares, o desenvolvimento de inovações no setor de tecnologia dos alimentos e a maior variedade de oferta de produtos vêm impactando diretamente o mercado e as cadeias produtivas ligadas à indústria de massas alimentícias. Para a modernização do parque produtivo, adoção de novas práticas e desenvolvimento de linhas de produtos competitivos, os empresários capixabas têm, no Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), um parceiro para a ampliação de investimento no setor.

O estudo “Massas: Cadeia Produtiva, Produção e Mercado”, desenvolvido pela equipe do banco do desenvolvimento capixaba identificou que entre as três principais ações a serem adotadas pelas empresas estão: a diversificação e a diferenciação de produto de acordo com as tendências de consumo; o investimento em embalagens e marketing; e os investimentos na área de inovação de produtos e de processos. É fundamental que a indústria capixaba acompanhe e se adapte as tendências de mercado para se manter competitiva.

Com as linhas de crédito do banco, o empresário pode investir em novas práticas de produção, gestão ou atendimento ao cliente, aquisição de novos equipamentos e tecnologia, por exemplo, na busca da maior eficiência operacional e de gestão.

Conceitualmente, a indústria de massas alimentícias é um dos subsetores da atividade “Fabricação de Produtos Alimentícios” e envolve diferentes modelos de negócios. Assim como todo o setor, depende de insumos agrícolas, máquinas de processamento e refrigeração dos produtos. Pela sua flexibilidade na adaptação do processo produtivo, com a necessidade de baixos investimentos, permite ao produtor a oferta de uma grande variedade de produtos.

O Bandes é parceiro das empresas que atuam nessa cadeia produtiva, com a disponibilidade de linhas de crédito para diversos objetivos e portes de empresas. Do total de projetos de investimentos contratados pelo banco para empresas de massas, nos últimos cinco anos, 30% foram destinados às empresas de pequeno porte, e o restante para microempresas, com destaque para capital de giro e modernização dos empreendimentos.

“A adoção de tecnologia está em constante evolução, colaborando para otimizar processos e torná-los mais eficazes e baratos. Permitindo produtos e serviços mais competitivos e uma margem de lucro maior para o empresário. Vale destacar que a automação logística também é fator decisivo para o aumento de competividade, tornando possível economizar recursos, aprimorar processos e tornar os resultados muito mais adequados à demanda do mercado”, destaca o gerente de Planejamento do banco capixaba, Sávio Caçador.

De acordo com o Anuário 2019, elaborado pela Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), o consumo médio brasileiro desses produtos está em 12 kg por ano, com boa margem para crescimento. O setor vem adaptando suas embalagens de acordo com o comportamento do mercado. Assim surgiram as monoporções, ou embalagens menores e individuais, para atender a um público que não abre mão de conveniência e praticidade.

“A diversificação da oferta de produtos tem buscado atender a uma variedade de demandas decorrentes dos novos hábitos de consumo, como produtos ‘light’, ‘diet’, zero açúcar, zero gordura, sem glúten, sem lactose e integrais, por exemplo”, complementa Sávio Caçador.

Informações sobre linhas de financiamento:
www.bandes.com.br
faleconosco@bandes.com.br
Bandes Atende: 0800 283 4202
Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória

Leia mais

Uma pessoa morre e outras duas ficam feridas em acidente no Sul do ES

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas em...

CGU investiga desvio de recursos na compra de ventiladores no Pará

Investigações, iniciadas pelo MPF, apontaram que as possíveis fraudes ocorreriam desde o início do processo de seleção do...

Vídeo mostra vermes na areia da Praia de Camburi, em Vitória

Vídeos mostrando uma possível contaminação de vermes na areia da praia de Camburi, em Vitória, circulam na internet desde a manhã desta quarta-feira (24). Nas...

Leia também

INDICADORES: Semana termina (30) com queda no café arábica

A saca de 60 quilos do café arábica termina a semana (30) com queda de 0,34% no preço e é vendida a R$ 536,73...

MP em discussão no Congresso Nacional pode aumentar volume de crédito oferecido a empresários paranaenses

A obtenção de crédito por empreendedores brasileiros tem se tornado um entrave durante a crise financeira ocasionada pela pandemia. No Paraná, segundo pesquisa do...

Leilão do saneamento básico em Alagoas deve aumentar percentual da população que recebe atendimento de coleta de esgoto

O serviço de saneamento básico deve ter um novo cenário na região metropolitana de Maceió nos próximos anos. Atualmente, segundo dados do Sistema Nacional...