Inscrições para o primeiro Hackathon Cibercidadão do Governo do Estado começam nesta segunda (20)

Compartilhe

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), por meio do Laboratório de Inovação (Lino) abre, nesta segunda-feira (20), às 17 horas, as inscrições para o primeiro Hackathon Cibercidadão. Os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site www.cibercidadao.prodest.es.gov.br até o dia 8 de outubro.

A iniciativa é pioneira, porque será realizada de forma totalmente on-line e faz parte do Programa Cibercidadão, lançado pela autarquia neste ano. Intitulado de Hackathon Cibercidadão, o evento é composto por duas categorias (estudante e independente). Na primeira, podem participar os que estão matriculados em cursos técnicos ou de graduação da área de Tecnologia da Informação (TI), com reconhecimento do Ministério da Educação.

Na categoria independente, podem se inscrever os que apresentam conhecimento no setor de TI, independentemente de vínculo com instituição de ensino. Nesse caso, enquadram-se os autodidatas, alunos com pós-graduação, profissionais de Tecnologia da Informação e pessoas interessadas em TI.

As inscrições podem ser feitas somente por grupo, que deverá ter de três a cinco componentes, sendo que apenas um membro pode estar relacionado com a categoria independente. Todos os participantes receberão um certificado e o grupo vencedor será premiado.

Critérios

O Hackathon Cibercidadão será de 22 a 24 de outubro, com 48 horas de duração. O evento será feito no formato on-line pelas plataformas Youtube e Discord. Os trabalhos serão avaliados pela comissão julgadora, considerando os critérios de originalidade, design, solubilidade (capacidade de resolver uma demanda focal), viabilidade e pitch (apresentação rápida).

Na avaliação da coordenadora do Programa Cibercidadão, Camila Zacche de Aguiar, o hackathon é uma oportunidade de serem desenvolvidas soluções potenciais para melhorar os serviços públicos por meio do uso estratégico da tecnologia a partir de ideias enviadas pelos cidadãos.

Para o presidente do Prodest, Tasso Lugon, o evento é importante para os capixabas terem um maior envolvimento com o Programa Cibercidadão. “Esse é o primeiro de uma série de hackathons que vamos promover para a população ter uma participação mais efetiva e colaborativa com o setor público”, destacou.

Leia também

Homem é esfaqueado pelo próprio irmão no interior de Nova Venécia

Na tarde de sábado (02), militares deslocaram ao Córrego Tibúrcio, zona rural de Nova Venécia, onde teria ocorrido...

Athletico-PR derrota Libertad por 2 a 1 na Arena da Baixada

O Athletico-PR superou o Libertad por 2 a 1, nesta terça-feira (28) na Arena da Baixada, em Curitiba,...

Lula tem 43% contra 30% de Bolsonaro no estado de São Paulo, diz Datafolha

CAROLINA LINHARES SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida...

Apostas feitas em Barra de São Francisco, Colatina e Nova Venécia fazem a quina da Mega-Sena; veja o prêmio

O concurso 2.497 da Mega-Sena foi realizado na noite de sábado (2), no Espaço da Sorte, em São...

Festa de São Pedro termina com desfile da Rainha Caipira e da quadrilha do Projeto Avivar

No encerramento da Festa de São Pedro, neste domingo, 3, o ponto alto foi a apresentação da Quadrilha...

Auxílio Brasil representa atualmente 2,16% do PIB da região Norte

O Ministério da Economia tenta encontrar espaço no orçamento para aumentar de R$ 400 para R$ 600 o...

Polícia Civil prende seis pessoas que causaram prejuízo de mais de R$ 1 milhão a uma cooperativa no norte do Estado

Por Victória Meireles Policiais civis das Delegacias de Polícia de Jaguaré e Vila Valério prenderam seis pessoas suspeitas de...

Por que estamos cada vez mais deprimidos?

Ultimamente, há uma doença que está ganhando terreno e não parece disposta a nos dar trégua: a depressão....