Inscrições para audiência pública sobre letalidade policial no Rio de Janeiro estão abertas até 29 de janeiro, segundo STF

As inscrições para interessados em participar de uma audiência pública no Supremo Tribunal Federal (STF) que visa reduzir a letalidade policial no Rio de Janeiro vão até 29 de janeiro. A audiência foi convocada pelo ministro Edson Fachin e, segundo o STF, tem o objetivo de reunir informações para ajudar o Estado na elaboração de um plano de redução da letalidade policial. 
 
Em agosto do ano passado, o plenário da Corte determinou que as operações policiais em comunidades cariocas deveriam ser restritas aos casos excepcionais e informadas e acompanhadas pelo Ministério Público estadual (MP-RJ), enquanto durasse o estado de calamidade pública pela pandemia da Covid-19. 
 
A ideia de Fachin é ouvir os órgãos que fazem parte da Polícia Civil e da Polícia Militar do Rio de Janeiro, entidades interessadas no tema e especialistas. As inscrições podem ser feitas pelo site adpf635@stf.jus.br

Agência Brasil

Leia mais

Leia também