Inscrições no Centelha II terminam nesta segunda-feira (11)

Compartilhe

 

Os futuros empreendedores capixabas têm até as 18h desta segunda-feira (11) para inscrever suas ideias de negócios inovadores no 2º edital do Programa Centelha ES, aberto pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). O Programa é mais um investimento para impulsionar o empreendedorismo inovador do Espírito Santo.

O Centelha II investe R$ 4,3 milhões na seleção de 50 projetos de negócios inovadores, sendo R$ 2 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), R$ 1 milhão da Fapes e R$ 1,3 milhão em bolsas de Fomento Tecnológico e Extensão do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Cada projeto contemplado na chamada pública vai receber o apoio financeiro de até R$ 86 mil para desenvolver suas ideias em negócios de sucesso.

Os interessados podem submeter uma proposta no site www.programacentelha.com.br/es até as 18h desta segunda-feira (11).  Nesta primeira fase do edital, 200 projetos serão selecionados. E, desse total, 50 chegarão à terceira e última fase da chamada pública.

Quem pode inscrever uma ideia?

Podem participar pessoas físicas ou empresas com faturamento anual bruto de até R$ 4,8 milhões, com até 12 meses da criação, contados a partir do lançamento do edital.

Quais benefícios?

Os empreendedores que participarem terão à disposição um conjunto de benefícios, entre eles, recursos financeiros por meio de subvenção econômica para desenvolverem seus negócios, além de capacitações e suporte para alavancar o empreendimento. Também terão acesso às instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação e a incubadoras. A iniciativa oferece recursos financeiros de até R$ 86 mil para os 50 projetos contemplados, ao final das três fases de seleção. 

Casos de sucesso do Centelha I no ES?

João Vitor Valdo Freire, de 27 anos, é diretor executivo da Endelevo. Startup capixaba selecionada na 1ª edição do Programa Centelha no Estado, em 2019. A empresa Endelevo é uma construtech de impacto socioambiental que trabalha por construções verdadeiramente mais sustentáveis.

A startup tem o propósito de transformar o estilo de vida da sociedade através de práticas sustentáveis, estimulando a consciência ambiental e já ganhou diversos prêmios, sendo, inclusive, selecionada para se apresentar na COP26, que aconteceu em novembro, na Escócia, e debateu as mudanças climáticas impulsionadas por ações humanas.

“Com o apoio do Centelha ES, nós da equipe Endelevo conseguimos dar o primeiro passo para transformar uma ideia, que a princípio seria um Trabalho de Conclusão de Curso apresentado na Ufes, em um projeto executável. Projeto o qual hoje é a Endelevo, uma startup já em atuação no mercado e com clientes e uma rede de parceiros. A Endelevo foi, inclusive, selecionada para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, a COP26. E isso é sensacional! Junto ao Centelha estamos trilhando um caminho de muitas conquistas e evoluções”, afirmou João Vitor Valdo Freire.

Outra startup capixaba contemplada no 1º edital do Centelha no Estado é a GainTech que atua nas áreas de robótica, visão computacional e inteligência artificial. Leonardo Gonçalves Batista, de 27 anos, sócio-administratdor da GainTech e explicou que a startup nasceu como uma espécie de spin-off de um grupo de pesquisa do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) – Campus Serra, o GAIn (Grupo da Automação Industrial), e surgiu pela necessidade de converter as experiências e protótipos desenvolvidos na pesquisa em verdadeiros produtos para o mercado.

“Por meio do apoio do Centelha, estamos desenvolvendo robôs móveis para as mais variadas finalidades, como atividades industriais e de pesquisa, podendo ser tele-operados ou autônomos. Sem dúvida o Centelha está fazendo total diferença em nosso crescimento, fornecendo capacitação empreendedora de ponta e suporte para transformar nossos protótipos em soluções cada vez mais robustas e viáveis”, disse Leonardo Gonçalves Batista, sócio-administrador da GainTech.

O que é o Programa Centelha?

O Programa Centelha visa a estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no País. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI. No Espírito Santo, é executada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). 

Texto: Samantha Nepomuceno 

Leia também

Montagem dos estandes da I Exponoroeste no terreno da nova rodoviária começaram neste sábado, 21

A I Exponoroeste, que acontece de 25 a 29 deste mês, das 16h às 22h, no terreno onde...

RELP: Empresários têm até dia 31 de maio para regularizar dívidas com desconto

Para manter parte do negócio de pé durante a pandemia da Covid-19, o carioca Mário Cunha precisou optar...

Feira de Negócios Agro Coopeavi volta com tudo em julho

  A Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi) está de volta com a Feira de Negócios Agro Coopeavi. Serão duas edições presenciais:...

Santos recebe La Calera pela Sul-Americana de olho na ponta do Grupo C

A quinta-feira (18) será decisiva para o Santos na Copa Sul-Americana. O Peixe recebe o Unión La Calera (Chile)...

Neste domingo tem Moda de Viola em Barra de São Francisco com o Príncipe da Farra, Geovane Júnior

Neste domingo (22), a partir das 11h, acontece no Sítio do Odílio Estevam, em Barra de São Francisco,...

INDICADORES: preço do boi gordo sofre alta nesta segunda-feira (23)

A cotação da arroba do boi gordo começou a segunda-feira (23) com alta de 4,16% e o produto...

REIQ: Câmara aprova projeto que prorroga a tributação especial até 2027

A Câmara dos Deputados votou a Medida Provisória 1195/2021, que extinguia o Regime Especial da Indústria Química (Reiq),...