ES: inaugurado Cais de Atalaia no Porto de Vitória

Inaugurado Cais de Atalaia no Porto de Vitória em Espírito Santo

O Cais de Atalaia, que vai ampliar em 10% a capacidade do porto Foto: Ministério da Infraestrutura

Mesmo por conta da Covid-19, as obras de infraestrutura não pararam no país. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, seguiu durante todo o ano entregando empreendimentos em vários estados brasileiros. Nesta segunda-feira (5), por exemplo, ele inaugurou, no Porto de Vitória, no Espírito Santo, o Cais de Atalaia, que vai ampliar em 10% a capacidade do porto. A obra teve início em 2015, mas, desde lá, sofreu várias interrupções.

“Isso mostra o compromisso com a questão da infraestrutura. Nós estamos encarando a infraestrutura como uma questão de Estado, dando continuidade àquilo que vinha andando. É interessante acabar, concluir projetos que começaram em outros governos”, disse o ministro.

E afirmou que obras, como a realizada no Porto de Vitória, mostram que o Governo Federal está pensando no Brasil a longo prazo.

“Infraestrutura requer visão de longo prazo. E é isso que nós estamos fazendo aqui. Pensando a longo prazo, pensando num estado que tem uma importância fundamental para a logística do Brasil e que está recebendo incremento na sua capacidade portuária aqui na Companhia Docas do Espírito Santo”, acrescentou.

O ministro lembrou que, desde o início do governo, foram realizados 16 leilões de arrendamentos portuários e assinados 59 contratos de adesão para terminais privados. “O que nós vamos ganhar com a desestatização? Nós vamos ganhar governança, nós vamos ganhar flexibilidade, nós vamos ganhar investimento. O setor privado vai trazer dinamismo, vai trazer investimento. Isso é fundamental; e é um caminho sem volta”.

Estrada de ferro Vitória Minas

Ainda no Espírito Santo, o ministro da Infraestrutura anunciou que, no próximo mês, o Governo Federal deve renovar, com a Vale, o contrato de concessão da estrada de ferro Vitória a Minas. “Nesse contrato, nós teremos a incumbência de se fazer o projeto da ligação do Rio de Janeiro com Vitória e a garantia de que a estrada de ferro começará. Nós vamos começar de Cariacica até Anchieta. Então, o primeiro braço, o primeiro trecho dessa estrada de ferro, que é um sonho deste corredor, que vai ser implantado, vai ser esse trecho de Cariacica pra Anchieta. Mas nós já estamos estudando como é que nós vamos fazer os demais trechos, como é que a gente vai avançar com essa ferrovia na direção Sul para, numa próxima etapa, chegar no Porto do Açu”, disse o ministro.

Ministro no Amazonas

No último fim de semana, o ministro também esteve no estado do Amazonas, para autorizar obras de melhorias na BR-319/AM. São 254,2 quilômetros de extensão que vão passar por serviços de conservação e recuperação, para ampliar a segurança e a trafegabilidade ao longo da vida.

BR 319/AM

As melhorais autorizadas pelo ministro da Infraestrutura neste fim de semana na BR 319/AM abrangem três diferentes lotes:

– O primeiro possui 82,2 quilômetros de extensão. Vai do Km 178,5 (rio Tapunã) até o km 260,7 (início da travessia do rio Igapó Açu);

– O segundo lote vai do km 261,1 (fim da travessia do rio Igapó Açu) até o km 346,2 (entroncamento com a BR-174/AM e a rodovia estadual AM-364), totalizando, aí, 85,1 quilômetros de extensão;

– O terceiro lote tem 86,9 km e vai do entroncamento BR 174/AM ao Igarapé Caetano.

No Amazonas, o ministro reafirmou o compromisso do Governo Federal com a BR-319. “É uma batalha demorada, infelizmente. Deveria ser mais rápida, mas é uma batalha que vai ser vencida”, disse Tarcísio de Freitas.

BR 319/AM

Obras de dragagem no Rio Madeira

No Amazonas, o ministro da Infraestrutura também visitou as obras de dragagem no rio Madeira, em Humaitá (AM). O serviço vai garantir a navegação segura das embarcações em uma das principais passagens logísticas do país, contribuindo para o escoamento de produtos e o abastecimento nas regiões Norte e Centro Oeste do país. O empreendimento deve ser concluído ainda neste mês. O rio Madeira é um dos principais eixos logísticos do Norte e integra o Arco Verde, região que compreende os seguintes estados: Acre, Rondônia, Amazonas, Pará, Mato Grosso e Tocantins.

Em visita às obras de dragagem, o ministro comentou a relação das obras de dragagem no Rio Madeira e a BR 319, no Amazonas.

“O que que a hidrovia do Madeira tem a ver com a 319? Tudo. Porque é por aqui que vai passar o grosso da carga que vai vir do Norte do Mato Grosso, do nosso agronegócio em balsas. A 319, no final das contas, vai garantir a dignidade, vai garantir a integração do transporte das pessoas, vai garantir o resgate social. O governo do Presidente Bolsonaro está comprometido com a pavimentação da BR 319, que vai ser um exemplo de sustentabilidade”.

Obras em Rondônia

Na semana passada, o Governo Federal também assinou ordem de serviço para o início da construção de seis passarelas de pedestres em Porto Velho, na BR-364, em Rondônia. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o investimento previsto é de R$ 6,6 milhões e as obras devem começar entre dezembro deste ano e janeiro de 2021. A previsão de conclusão é de 18 meses.

Em Rondônia, Governo Federal e Exército também firmaram, na semana passada, parceria para construção de uma travessia urbana na BR-364. O contrato prevê a construção de vias marginais na Travessia Urbana do Município de Jaru (RO), localizado entre o km 421,4 e o km 427. Os investimentos são da ordem de R$ 18,6 milhões e os trabalhos devem começar no próximo mês.

A BR-364/RO é o principal corredor logístico para o escoamento da safra de grãos de Rondônia, além da parte Oeste e Norte do Mato Grosso. Passam pela rodovia federal, por ano, segundo o Ministério da Infraestrutura, cerca de 8 milhões de toneladas de grãos.

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas comentou as inovações que vem sendo realizadas nas rodovias federais.

“Serão 18 mil quilômetros de rodovias federais concedidas em todo o Brasil. Nós já temos aí vários quilômetros no TCU aguardando o ok, para que a gente possa fazer os leilões”, finalizou.

 

 

 

Leia mais

Beneficiários do FGTS podem sacar parcela do lucro do fundo a partir de segunda-feira (31)

Os trabalhadores que possuem conta no FGTS receberão na próxima segunda-feira (31) uma parcela do lucro de 2019 do fundo. Ao todo, R$ 7,5...

Presidente do Inep afirma que ainda é cedo para adiar o Enem 2020

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e...

Governo do Estado investe mais de R$ 14 milhões em obras de infraestrutura em Viana

Foto: Rodrigo Araujo/Governo-ES O município...

Obras de recuperação de ponte em São Vicente (SP) vão beneficiar 350 mil pessoas

Investimento na obra por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional será de R$ 57,3 milhões. Foto: PR O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Desenvolvimento...

Leia também

Majeski solicita suspensão de licitação milionária da Assembleia do Espírito Santo

O deputado estadual Sergio Majeski (PSB) apresentou solicitação formal para que o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo (Ales) suspenda o...

“O povo está cansado de Pereiras e dos Anjos”, Mito ou Verdade?

Sempre que o assunto é política, moradores de Barra de São Francisco usam uma frase que já se tornou popular. "O povo está cansado...

BSF: cantor Adilson Câmara registra ocorrência policial por ter carro apedrejado

Depois do episódio de vandalismo contra veículos contendo adesivos da campanha política em Barra de São Francisco, mais um caso de violência gratuita foi...

Cadáver é encontrado em São Gabriel da Palha, após denúncia anônima

Um cadáver foi localizado, nesta segunda-feira (19), próximo ao campo de futebol do Bairro São Sebastião em São Gabriel da Palha. A Polícia Militar foi...