Igreja que integra roteiro jesuítico no Espírito Santo será restaurada

Compartilhe

Com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande, aconteceu, na manhã dessa segunda-feira (21), a solenidade de início das obras de restauro e readequação da Igreja de Nossa Senhora da Ajuda, localizada em Araçatiba, em Viana. O monumento do século XVIII é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e é a única construção arquitetônica que restou da fazenda.

O trabalho de restauro será feito pelo Instituto Modus Vivendi e, além das obras de restauração, faz parte do projeto a criação de um Centro Interpretativo, em anexo, que dará ao monumento uma linguagem nova, mais interativa, permitindo ao público conhecer melhor a história e a cultura do local.

O governador Renato Casagrande destacou a importância desta obra para a região. “Araçatiba tem uma história cultural riquíssima. Uma vez eu vim caminhando de Viana até aqui. São 13 quilômetros caminhando. Essa região é conhecida pela riqueza cultural e a festa é muito famosa. Restaurar a parte física da Igreja de Nossa Senhora da Ajuda é uma forma de recuperar toda história e incentivar a cultura local. Vamos resgatar a história, a tradição desse monumento e reconhecer a rica cultura desta comunidade”, disse.

“O restauro deste monumento, que é parte do roteiro dos jesuítas no Espírito Santo, tem fundamental importância para a cultura e a história de nosso Estado. Com as intervenções, ele estará ainda mais atrativo, trazendo para o Espírito Santo turistas de todas as partes e, por consequência, irá gerar trabalho e renda na região, valorizando a comunidade local”, salientou a secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro.

Desenvolvimento turístico

O restauro da Igreja de Araçatiba faz parte do projeto de desenvolvimento turístico que marca a presença dos Jesuítas no Espírito Santo, na época do Brasil Colônia, sendo o mais completo e importante roteiro jesuítico do Brasil, com 137 quilômetros. Ela vai do Santuário Nacional de São José de Anchieta, em Anchieta, passa por Araçatiba, em Viana, e pelo Palácio Anchieta, em Vitória, e termina na Igreja de Reis Magos, na Serra.

A presidente do Instituto Modus Vivendi, Erika Kunkel, ressaltou que este projeto é muito importante para a preservação da memória e da cultura local. “Ele vai resgatar uma relevante época, que marca a presença dos jesuítas no Espírito Santo, além de contribuir para o desenvolvimento da região. Tenho orgulho de realizar trabalhos como este, que permitem aos capixabas conservar sua identidade, seu conhecimento e sua história”, frisou.

Ela acrescentou que desenvolveu um afeto muito especial por Araçatiba, ao saber de todo o carinho e dedicação dos moradores, por séculos, para preservar a história deste importante monumento. O prefeito de Viana, Wanderson Bueno, disse estar muito feliz com o início das obras de restauro da Igreja Nossa Senhora da Ajuda e a revitalização do entorno, com a criação do Circuito Jesuítico, que vai integrar Araçatiba ao Santuário Nacional São José de Anchieta, em Anchieta, e à Igreja dos Reis Magos, na cidade da Serra.

“Será um investimento viabilizado a partir de recursos captados em Edital do BNDES pelo Instituto Modus Vivendi, que conta com o patrocínio do Instituto Cultural Vale e da EDP, com a autorização do Iphan, por se tratar de um bem tombado pelo seu valor histórico e, especialmente com a parceria da Prefeitura de Viana, que tem atuado com serviços estruturais, de limpeza, iluminação e de segurança, além da mobilização da sociedade em torno dessa importante obra que vai mudar a rotina de Araçatiba, atraindo turistas e pesquisadores do mundo inteiro”, pontuou Wanderson Bueno.

“Nosso município tem dado saltos muito significativos em todas as áreas e na cultura não poderia ser diferente. A nossa cidade preocupa-se com o patrimônio cultural e com todo o seu legado refletido no pertencimento cultural da população, sua história, tradição e a tradução desses elementos para uma Viana do futuro”, complementou o prefeito.

A superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Elisa Machado Taveira, disse que é com muita alegria que o Iphan acompanha o início de mais um projeto para a proteção e valorização do Patrimônio Cultural Brasileiro. “Os jesuítas tiveram papel fundamental no território capixaba e a restauração da Igreja de Nossa Senhora da Ajuda permitirá a preservação desse importante bem cultural tombado pelo Iphan, em 1950, e que a história desse local seja fomentada”, observou.

Fernando Saliba, diretor executivo da EDP, destacou que é motivo de orgulho poder proporcionar ao povo capixaba a recuperação da Igreja Nossa Senhora da Ajuda, patrimônio cultural do Espírito Santo e do País. “Trata-se de um projeto que, além de preservar a nossa história, representa um investimento no potencial turístico do Estado”, mencionou.

“Acreditamos que essa união com instituições públicas e privadas para cuidar da nossa história, por meio de iniciativas como a restauração do patrimônio histórico da Igreja de Nossa Senhora da Ajuda, é fundamental para uma melhor compreensão do nosso passado e também para a construção de futuros. É uma honra para o Instituto Cultural Vale ser parceiro dessa iniciativa que integra o projeto de desenvolvimento turístico e que marca a presença dos jesuítas no Espírito Santo, junto com o Santuário Nacional de São José de Anchieta, cuja restauração também abraçamos”, enfatizou Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale.

A solenidade que oficializou o início dos trabalhos de restauro e readequação contou com as presenças do Arcebispo de Vitória, Dom Dario Campos; do secretário executivo do Ministério do Turismo, Marcos José Pereira; do prefeito de Viana, Wanderson Bueno; da presidente do Instituto Modus Vivendi, Erika Kunkel; da superintendente do Iphan-ES, Elisa Machado Taveira; do secretário de Estado da Cultura, Fabrício Noronha, e de representantes dos patrocinadores BNDES, EDP e Instituto Cultural Vale, entre outras autoridades.

História

De acordo com a historiadora Maria José dos Santos Cunha, Araçatiba é a grande fazenda jesuíta do Espírito Santo. “Foi em 1549, com D. João III (1521-1557), que a Companhia de Jesus entrou no Brasil, sendo o nosso País a primeira província jesuíta na América. Começaram por se instalar em Salvador e, em 1551, fundaram a vila de Nossa Senhora da Vitória, o que viria a ser o Colégio de Santiago, edificado sobre terreno doado para o efeito”, contou.

Progressivamente, segundo a historiadora, estabeleceram missões em aldeias e, para o suporte financeiro dos colégios e instituições mantenedoras, foram criadas fazendas, a partir da compra de terrenos e de doações testamentárias. A sede da fazenda Araçatiba, localizada no atual município de Viana, no Espírito Santo, com a igreja de Nossa Senhora da Ajuda, teve residência desde 1716 e foi, desde o início, vocacionada para a produção de açúcar, aguardente e mel.

Até a expulsão dos jesuítas foi, em extensão, a maior das fazendas. Para escoamento da intensa produção e proximidade com a cidade de Vitória, acabou por beneficiar a construção do canal de Camboapina, obra dos jesuítas, com duas léguas para transvase entre o rio Jucu, que corre no interior da propriedade, e a baía de Vitória, na qual os jesuítas mandaram fazer um pequeno porto próximo do colégio.

 

 

Leia também

Secretaria de Urbanismo entrega primeiro trecho do calçadão da Av. Jones dos Santos Neves

O prefeito Enivaldo dos Anjos e a secretária municipal de Obras e Urbanismo, Marianne Cavalcante Cortes Faroni, entregaram...

INDICADORES: Preço do café arábica sobe nesta quinta-feira (4)

A saca de 60 quilos do café arábica iniciou a quinta-feira (4) com alta de 2,54% no preço...

USIMINAS: Ebitda ajustado soma R$ 1,9 bilhão no trimestre

A Usiminas obteve Ebitda Ajustado Consolidado de R$ 1,9 bilhão no segundo trimestre de 2022, um crescimento de...

Prefeitura compra terreno do Pesque e Pague Paraiso e inicia mutirão de Limpeza

Funcionários da prefeitura de Barra de São Francisco, através das secretarias de Esportes e Lazer, Defesa Social, Trânsito...

Forró da Terceira Idade em Barra de São Francisco foi espetacular

Um forró pra lá de espetacular aconteceu na tarde deste domingo (31), nas dependências do Ginásio de Esportes...

Stop Car e Farmácia Saar avançam às semifinais do Campeonato Perna de Pau de Barra de São Francisco

As equipes da Stop Car e da Farmácia Saar avançaram às semifinais do Campeonato Perna de Pau 2022,...

Agência do Sine abre a semana com 25 vagas de emprego em Barra de São Francisco; confira

  A agência do Sine de Barra de São Francisco, está com 25 oportunidades de empregos formais em aberto esta semana. Algumas...

Vila Pavão conclui primeiro trecho de estrada com revestimento Revsol

  A Prefeitura de Vila Pavão, por meio da Secretaria de Obras, concluiu, nesta semana, o primeiro trecho de...