ICEPi realiza 1º Fórum do Núcleo Interno de Regulação da Rede Contratualizada da Sesa

Compartilhar as metodologias, experiências e resultados foram os principais temas do 1º Fórum do Núcleo Interno de Regulação (NIR), da Rede Contratualizada da Secretaria da Saúde (Sesa). O evento, realizado pelo Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação (ICEPi), ocorreu na última quinta-feira (24). 

O evento teve por objetivos fortalecer, qualificar e padronizar as práticas de regulação do acesso em saúde no Espírito Santo. Participaram do encontro representantes e equipes envolvidas com os NIR dos hospitais das redes contratualizadas, filantrópicas e Organizações Sociais de Saúde (OSS) no Espírito Santo. 

Fabiano Ribeiro, diretor do ICEPi, comentou o diferencial que o projeto do Núcleo Interno de Regulação Hospitalar tem para o fortalecimento da rede. “Quando propomos expandir a estratégia desse projeto para toda a rede é porque buscamos um padrão de atendimento com mais qualidade para o usuário. A expectativa do ICEPi é qualificar a rede para que possamos ter um nivelamento e compartilhamento de tecnologias que resultem em custos menores, melhor capacidade operacional e melhores resultados”, enfatizou. 

Também estavam presentes o subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos; a subsecretária de Estado da Assistência em Saúde, Quelen Tanize, além da equipe do projeto do Núcleo Interno de Regulação Hospitalar (NIR), Emilia Marchette, Simone Tosi, Luciene Rocha e Sabrina Lamas. 

 

Sobre o projeto do Núcleo Interno de Regulação Hospitalar (NIR)

O projeto do Núcleo Interno de Regulação Hospitalar (NIR), criado em maio de 2020, é um “modelo de regulação de leitos”, que busca agilizar o atendimento e melhorar de forma contínua a qualidade dos serviços nos hospitais da rede, elevando os padrões de atendimento e promovendo um ambiente de excelência em cuidados clínicos. O resultado é uma quantidade maior de diagnósticos de pacientes em tempo real, otimizando a oferta de leitos hospitalares.

Atualmente, o projeto atende às seguintes unidades:

  • Hospital Roberto Arnizaut Silvares (HRAS)
  • Hospital Dr. Alceu Melgaço Filho (HDAMF)
  • Hospital João dos Santos Neves (HJSN) 
  • Hospital e Maternidades Silvio Ávidos (HMSA)
  • Hospital Estadual de Vila Velha (HESVV)
  • Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG):
  • Hospital Dório Silva (HDDS)
  • Hospital Estadual de Atenção Clínica (HEAC)
  • Hospital Antonio Bezerra de Faria (HABF)
  • Unidade Integrada Jerônimo Monteiro (UIJM) 
  • Centro de Atendimento Psiquiátrico Aristides Alexandre Campos (CAPAAC) 
  • Hospital São José do Calçado (HSJC) 

Mais de 100 profissionais dos 12 hospitais participam de capacitações, implantação de metodologias ágeis e ferramentas de gestão e controle.


Leia mais

Leia também