ICEPi lança Programa de Desenvolvimento de Capacidades de Ensino em Serviço em parceria com a OPAS e a Rede Unida

 

O Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação (ICEPi) da Secretaria da Saúde (Sesa), lançou, nessa terça-feira (25), o “Programa de Desenvolvimento de Capacidades de Ensino em Serviço: Educação Permanente em Saúde em Tempos de Pandemia”, em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e a Associação Brasileira Rede Unida (Rede Unida).

O programa tem como objetivos fortalecer e fomentar a educação permanente no sistema estadual de saúde do Espírito Santo e desenvolver capacidades pedagógicas de profissionais estratégicos, a produção e compartilhamento de manuscritos que serão publicados em dois livros e a instituição da Política de Educação Permanente.

Os dois livros serão publicados pela Rede Unida e terão os seguintes temas: Relato de experiências nos serviços; Educação permanente em saúde; Educação, participação; Inovação nos serviços e nas práticas de saúde na atenção básica e redes de serviços do Espírito Santo; Processos de trabalho; Território e modelos tecnoassistenciais e Respostas da educação, trabalho e gestão à pandemia COVID-19.

O edital 02/2021 “Educação Permanente para o desenvolvimento do Sistema Estadual de Saúde do Espírito Santo” fica aberto até 26 de julho de 2021 para envio dos manuscritos e pode ser acessado no link https://saude.es.gov.br/edital-2021.

O diretor Geral do ICEPi, Fabiano Ribeiro, ressaltou a importância da educação permanente que é realizada nos programas do instituto e os benefícios para a população atendida. “Hoje estamos presentes em mais de 60 municípios, com profissionais do Programa de Provimento com médicos, dentistas e enfermeiros, que estão fazendo a formação no serviço e tendo ganhos no desenvolvimento desses profissionais na atenção primária. (…) O ICEPi, além de trazer essa proposta de inovação na formação, também traz essa característica de capilaridade, de estar no interior do Estado e apoiar os municípios”, destacou Fabiano Ribeiro.

Participaram também do evento, o gerente da Escola de Saúde Pública (GESP/ICEPi), Luiz Claudio Oliveira da Silva; o gerente de Inovação do ICEPi, Daniel Rezende, além da presidente do Conselho Estadual de Saúde do Espírito Santo, Milene da Silva Weck, a presidente do Colegiado de Secretarias Municipais de Saúde do Espírito Santo, Cátia Cristina Vieira Lisboa; o líder do Grupo de Pesquisas Rede Internacional de Políticas e Práticas de Educação e Saúde Coletiva da Rede Unida, Alcindo Ferla; o responsável pelo Grupo Temático de Educação em Saúde (Rede Unida), Ricardo Burg Ceccim; a coordenadora da Unidade de Capacidades Humanas para Saúde na OPAS, Mônica Padilla; e a responsável pela área de Inovação Social da Agência Social e Sanitária Regional da Emília-Romagna, Maria Augusta Nicoli.

O Programa

O Programa de Desenvolvimento de Capacidades de Ensino em Serviço será dividido em quatro atividades:

A “Gestão da aprendizagem no cotidiano do trabalho” será a primeira atividade e tem como objetivo analisar, planejar e desenvolver o programa de aprendizagem junto dos responsáveis pelo apoio pedagógico, que acontece nos municípios por meio dos programas da Sesa.

A segunda atividade, “Desenvolvimento de capacidades de ensino em serviço”, fará a capacitação dos responsáveis que têm funções estratégicas de educação permanente no sistema estadual e nos sistemas regionais de saúde.

Na terceira atividade, “Educação permanente em saúde no Espírito Santo”, será realizada uma mobilização e sensibilização para a construção de redes de educação permanente em saúde no Estado, envolvendo trabalhadores, estudantes e residentes da área de saúde.

Na última atividade serão realizados ciclos de eventos sobre educação em saúde e desenvolvimento de trabalhos envolvendo educação e saúde no cotidiano.

O vídeo completo do evento pode ser acessado no canal da Sesa no link https://www.youtube.com/watch?v=d1pMixtuX1E


Leia mais

Leia também