Hospital Jayme Santos Neves homenageia funcionárias

A terça-feira (16) foi de homenagens no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. Motivados pela gerente da Unidade Materno-Infantil, profissionais se reuniram e, com o apoio do setor de Capelania, fizeram o plantio de uma árvore no pátio da instituição em homenagem a duas profissionais que atuavam na unidade e que morreram de forma trágica nos últimos dias. 

A árvore de pequeno a médico porte manacá-da-serra foi escolhida pela exuberância de suas flores e foi plantada próximo à entrada principal, local por onde grande parte dos trabalhadores passam todos os dias. “Essa foi a forma que encontrei de agradecer e, principalmente, de lembrar, com alegria, das nossas colegas de trabalho que se foram de maneira tão abrupta e trágica. Todos os dias que passarmos por aqui, elas estarão nas nossas lembranças. Cada flor que brotar, lembraremos dos sorrisos delas e guardaremos as memórias com carinho”, disse a gerente da Unidade Materno-Infantil do Hospital Dr. Jayme, Ericka Chiste. 

Na última sexta-feira (12), a casa onde morava a auxiliar administrativo Wliana Bárbara de Oliveira, de 34 anos, desabou. A informação de sua morte foi confirmada pelo Corpo de Bombeiro. Já na madrugada dessa terça-feira (16), a técnica em enfermagem, Jaciara da Silva de Moura, de 33 anos, foi morta a facadas, na frente da filha de 11 anos, pelo ex-companheiro. Ambas atuavam na Unidade Materno-Infantil do Hospital Dr. Jayme. 

Ainda no domingo (14), Jaciara havia completado cinco anos de atuação na unidade, onde era muito querida por todos do setor. Já Wliana estava há três anos no setor administrativo. “Agora ficam as boas lembranças. Elas eram muito queridas, atuavam aqui conosco há algum tempo”, lembrou emocionada a colega de trabalho, Fabrícia Vieira Mazzoni.

 

Leia mais

Leia também