Hospital Estadual de Urgência e Emergência ‘São Lucas’ lança programa de estágio em Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial

Com uma média de 60 procedimentos por mês, a cirurgia e traumatologia Buco-maxilo-facial do Hospital Estadual de Urgência e Emergência ‘São Lucas’, em Vitória, coloca a instituição entre os cinco hospitais de todo o Brasil que mais fazem cirurgias e o segundo em volume de procedimentos com osteossíntese. Com o intuito de ampliar a excelência do serviço para a área acadêmica, serão ofertadas dez vagas de estágio em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial pela primeira vez na unidade.

Para concorrer é preciso ser acadêmico de Odontologia e já ter cursado e sido aprovado na disciplina de Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial (CTBMF) ou equivalente, dependendo da grade de cada instituição de Ensino Superior. (Cirurgia Bucal, Anestesiologia Odontológica e Traumatologia). A primeira etapa, uma prova presencial na unidade com 50 questões de múltipla escolha, será realizada no dia 16 de julho de 2021, no horário das 8h às 12h, para todos os candidatos. Os aprovados vão para a segunda etapa: análise dos títulos, entrevista e prova teórico-prática.

O coordenador da equipe de Cirurgia Buco-maxilo-facial do Hospital São Lucas, Dr. Felipe Firme Igreja, enfatizou a importância do processo seletivo na formação dos acadêmicos de Odontologia do Espírito Santo e ressaltou a oportunidade única de vivenciar um lado ainda pouco conhecido da profissão.

“Queremos mostrar um outro lado da Odontologia e ampliar a qualificação dos acadêmicos que tenham interesse em conhecer a área de cirurgia buco-maxilo-facial e aprender mais sobre a rotina do hospital e ter a experiência única de estar no maior hospital de trauma, urgência e emergência do Estado”, contou.

O estágio terá́ duração de 10 meses, tendo início no dia 02 de agosto de 2021 e término previsto para o dia 30 de maio de 2022.  A carga horária será́ de 12 horas semanais, totalizando 513,6 horas. Os estagiários não serão remunerados, não pagarão mensalidades e nem manterão vínculo empregatício com o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, explicou a coordenadora de Ensino e Pesquisa, Aparecida Talule.

“O estágio não é remunerado, mas a experiência que os aprovados vão adquirir é única. Algo inédito no Estado e que vai contar muitos pontos no currículo, já que vamos fornecer um certificado com validade em todo território nacional”, disse a coordenadora.

Vale ressaltar que o estágio é teórico-prático, ou seja, os aprovados acompanharão atividades ambulatoriais, procedimentos em centro cirúrgico, atendimento em pronto-socorro em regime de plantão, aulas teóricas, seminários e eventos inerentes ao programa de estágio em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial.

O edital completo com o conteúdo programático e todas as etapas da seleção pode ser acessado no site www.evangelicovv.com.br/aebes/centro-de-ensino-e-pesquisa, onde também constará o resultado final após homologação.


Leia mais

Leia também