Hospitais promovem ações no Dia Mundial de Higienização das Mãos

O dia 05 de maio foi instituído como o Dia Mundial de Higienização das Mãos e mobiliza pessoas em todo o mundo. O objetivo é aumentar a adesão de higiene das mãos nos serviços de saúde, protegendo os profissionais da área e pacientes contra infecções.

Com a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), a importância da higienização das mãos foi reforçada por meio de atividades realizadas pelo Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, e pelo o Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha.

Hospital de Urgência e Emergência (HEUE)

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), unidade gerenciada pela Pró-Saúde em Vitória, realizou uma ação com os profissionais de saúde e usuários para reforçar a importância de higienizar corretamente as mãos. A atividade contou com a participação da equipe do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) que orientou as pessoas sobre o passo a passo da higienização correta das mãos.

Para dar mais dinamismo à atividade foi utilizado um produto específico, que simboliza o sabão, sensível à luz negra. A proposta era verificar se a pessoa realmente lava as mãos corretamente – utilizando uma cabine escura, que com a luz refletia o produto em cor florescente. “Se a pele estivesse coberta com produto e as mãos brilhando o resultado foi eficaz. Ou seja, as mãos foram higienizadas de maneira correta”, explicou a coordenadora da SCIH do HEUE, Renata Perrut Gomes Rodrigues.

Para a especialista, é fundamental que as pessoas entendam a eficácia da higienização das mãos, independentemente do novo Coronavírus. “Nesse período de pandemia, todos estão falando que usar máscara e higienizar as mãos são alternativas essenciais de prevenção da Covid-19. Temos nesse período uma grande lição: tornar esse hábito como parte da nossa rotina, e inclusive, reforçar com as crianças”, pontuou.

A atividade no HEUE despertou atenção da dona de casa, Rosimar Silvares Ferraz, que acompanha o esposo que está internado na unidade. “Achei bem criativa essa ação, pois permite a gente aprender a lavar corretamente as mãos”, disse a dona de casa.

Himaba

No Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, também houve uma ação educativa para crianças e acompanhantes de pacientes do Pronto-Socorro, Pediatria e na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin). O objetivo da abordagem, que aconteceu nessa terça-feira (05), foi orientar pacientes e familiares sobre a importância da fazer a higiene adequada das mãos.

A ação foi realizada pelos setores de Qualidade, Núcleo de Segurança do Paciente e Serviço de Controle de Infecção Hospitalar. Foram abordadas questões sobre a importância da higienização das mãos, quando e como realizá-la.

A coordenadora médica do Núcleo de Segurança do Paciente, Beatriz Junqueira, falou sobre o trabalho. “Para nossa abordagem na pediatria e no Pronto-Socorro utilizamos a imagem do personagem Cascão lavando as mãos, o que foi maravilhoso pois, de uma forma lúdica, conseguimos sensibilizar todas as gerações. As crianças foram muito participativas, demonstrando muito interesse”, afirmou.

Esse interesse ficou comprovado com a atenção com que todas recebiam as orientações. “Até o Cascão está lavando as mãos agora”, apontou um pequeno que estava na Pediatria. “Tem que lavar as mãos para matar o vírus”, falou um adolescente que estava no pronto-socorro. O aprendizado estava na ponta da língua: “tem que lavar as mãos para cuidar da saúde”, comentou uma paciente.

A orientação é lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabonete, usar álcool em gel 70%.

Cuidados recomendados para higienização das mãos na prevenção ao novo Coronavírus

– Molhe as mãos e os pulsos com água corrente e aplique sabão suficiente para cobri-los. Esfregue todas as superfícies, incluindo as costas das mãos, entre os dedos, unhas e punhos por pelo menos 20 segundos. Em seguida, enxágue abundantemente com água corrente. Após a lavagem, seque as mãos com uma toalha de uso individual ou toalha descartável;

– Utilize o álcool 70% para fazer a higienização das mãos, quando não houver outros meios à disposição.

Fato ou Fake sobre a higienização das mãos

O álcool gel é tão eficaz quanto água e sabão para a limpeza das mãos

É fato! Se as sujeiras nas mãos não estiverem visíveis, a higienização das mãos pode ser realizada com álcool gel 70%. Se você estiver em casa, o recomendado é não utilizar o álcool em gel para evitar ressecamento na pele.

Posso produzir o álcool gel em casa?  

É fake! As receitas caseiras não garantem a produção de álcool com a concentração adequada, conforme orienta a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Nacional). Além disso, essa prática pode causar irritação na pele e resultar em acidentes domésticos. 

 

Leia mais

Advogado Jorge Verano deixa a pasta de administração da prefeitura de Mantena

Jorge Verano O advogado e secretário de administração da...

Qualidade da merenda escolar depende de ações pontuais das prefeituras, afirma presidente da Undime

Em entrevista exclusiva ao Brasil 61, o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Luiz Miguel Martins Garcia, afirmou que a...

Ônibus é incendiado depois de homem ser baleado pela PM em Cariacica, no ES

Um ônibus da linha 708, do sistema Transcol,...

Leia também

Municípios de SC não precisarão devolver sobras de recursos financeiros das emendas parlamentares. Entenda

Em Santa Catarina está em vigor a Lei 17.997/2020, que que permite às prefeituras utilizarem livremente as sobras de recursos financeiros das emendas parlamentares...

AM: Estado registra redução de internações e estabilidade de mortes relacionadas à Covid-19

O Amazonas registrou, de 13 a 19 de setembro, uma redução de 29,4% das internações por Covid-19. É o que aponta um levantamento divulgado...

MS: Fazendeiros serão autuados por crime ambiental no Pantanal

O governo do Mato Grosso do Sul afirmou que irá autuar fazendeiros por crime ambiental no Pantanal. Policiais militares ambientais, peritos da Polícia Civil...