Homem que se passava por policial com arma, colete e distintivo é preso no Espírito Santo

Compartilhe

Um homem de 31 anos foi preso em Vila Velha, na Grande Vitória, por se identificar como policial civil do Espírito Santo. Ele utilizava as redes sociais para exibir fotos com um distintivo, arma e até colete à prova de balas. A informação é de João Brito, g1 ES.

A prisão aconteceu nesta terça-feira (5), na local onde o suspeito trabalhava, no bairro Novo México, por policiais da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), a mesma unidade da qual ele dizia fazer parte. A dentidade do homem preso não foi revelada.

“Após levantamentos, foram identificadas imagens do suspeito, em que o mesmo fazia uso de colete e distintivos da polícia, e dizia estar “indo trabalhar”, além de outras fotos em que ele aparece com uma pistola na cintura. O retrato foi usado no perfil dele no WhatsApp, portando uma pistola, distintivo da PCES e uma caneca com o símbolo da Polícia Civil”, disse o coordenador da Core, delegado Ricardo Almeida.

O suspeito atuava como chefe de segurança em uma empresa e se apresentava como policial civil, sempre de posse da arma.

Para prendê-lo a equipe realizou uma abordagem à paisana, com uma viatura descaracterizada, de onde observaram o homem chegar ao trabalho.

“A equipe policial realizou uma campana com viatura descaracterizada próximo ao local de trabalho do suspeito, em Novo México, Vila Velha. Ao avistar uma motocicleta com um indivíduo com as características do homem que estávamos à procura, fizemos a abordagem do mesmo”, explicou o delegado.

No momento da abordagem ele estava com a arma e afirmou aos policiais que o colete e o distintivo estavam na casa em que mora.

Chegando na residência a mãe do homem recebeu a equipe e levou os policiais até o quarto do suspeito, onde os itens foram encontrados e apreendidos.

Ele foi levado para a Delegacia Regional de Vila Velha e, em depoimento, afirmou que a arma utilizada era na verdade do pai, um policial penal temporário. Ele não apresentou documentos que permitiam a utilização do colete, e não esclareceu a origem do distintivo.

Ao consultarem os antecedentes criminais do suspeito, os policiais constataram que ele já tinha passagens pelos crimes de ameaça, estelionato e vias de fato.

O suspeito foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e falsa identidade, sendo encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV), ficando à disposição da Justiça.

Arma, colete e distintivo foram apreendidos com homem que se passava por policial civil no Espírito Santo — Foto: Divulgação/PCES

Arma, colete e distintivo foram apreendidos com homem que se passava por policial civil no Espírito Santo — Foto: Divulgação/PCES

Leia também

Servidores participam de curso para gestão de fiscalização de contratos

O professor e advogado Alessandro Simões Machado, pós-graduado em Direito do Consumidor e Responsabilidade Civil e especialista em...

Mais três cidades brasileiras entram em situação de emergência por conta de desastres

A Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência em mais três cidades do País atingidas por desastres naturais. A...

Copa Rural de Futebol Amador deve começar no próximo fim de semana com clássico entre Bagaço x Vale 7

Com a presença de 14 dos 16 times convidados a Copa Rural de Futebol Amador 2022, terá início,...

Farmácia da Gente completa um ano de muito amor e sucesso em Barra de São Francisco; conheça a história

Tudo começou com um sonho da pernambucana de nascimento e francisquense de coração, Cláudia Abreu. Sempre à frente...

INDICADORES: Preço do boi gordo tem alta nesta segunda-feira (8)

A cotação da arroba do boi gordo começou a segunda-feira (8) com alta de 4,39% e o produto...

O que é carga tributária? Entenda o que representam os impostos cobrados no país

Em meio aos debates sobre reforma tributária, muito se fala sobre a elevada carga tributária do Brasil. Mas,...

Lote 5: fotos do show de Michel Teló no 1º Leilão Solidário de Barra de São Francisco

Aconteceu neste sábado, 6 de agosto de 2022, o 1º Leilão Soldiário de Barra de São Francisco. O...

Nome do Parque de Leilões será homenagem ao empresário Mira, falecido em 2015

O prefeito Enivaldo dos Anjos anunciou neste domingo, 7, que a inauguração do Parque de Leilão Mira Dalmagre,...