Homem que invadiu fórum de Nova Venécia estava inconformado com decisão judicial, diz polícia

O homem que morreu baleado após invadir o fórum de Nova Venécia, noroeste do Espírito Santo, com uma barra de ferro estava inconformado com uma decisão judicial em que ele e a família perderam terras no município. A informação é da Polícia Civil. O caso aconteceu na última quinta-feira (26).

Segundo o delegado da Polícia Civil Willian Dobrovosk, familiares relataram que, há mais de um ano, a mãe do homem foi retirada de uma terra por decisão judicial, em uma ação de reintegração de posse. Desde então, o homem teria uma revolta com o caso e voltava sempre ao assunto.

Com a informação, a polícia passou a trabalhar com a hipótese de que ele agiu tendo um alvo específico.

De acordo com Dobrovosk, no dia da invasão o homem estava transtornado e não obedeceu a ordem do policial militar que fazia a segurança do local. Ele foi baleado e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O policial que efetuou o disparo foi encaminhado à delegacia, ouvido e liberado. A Polícia entendeu que o militar agiu em legítima defesa.

 

Homem invade fórum com barra de ferro e é baleado por policial no ES

Veja também

Homem invade Fórum de Nova Venécia com barra de ferro e destrói portas

 

Homem baleado no fórum morre no hospital

 

Homem baleado ao invadir fórum de Nova Venécia morre no hospital