Homem que deu tapa em Macron é condenado a 4 meses de prisão


Sputnik – Um tribunal da França condenou o homem que bateu no rosto do presidente francês Emmanuel Macron a 18 meses de prisão, com 14 deles suspensos, informou na quinta-feira (10) a emissora BFM TV.

Segundo a ordem judicial, Damien Tarel, de 28 anos, que admitiu ter batido no chefe de Estado, mas disse não ser um ato premeditado, deve começar a cumprir sua sentença imediatamente.

A Procuradoria exigia uma sentença de 18 meses de prisão. Os advogados de Tarel e a Procuradoria têm dez dias para contestar o veredicto.

Durante uma visita na terça-feira (8) ao departamento de Drome, no sudeste da França, Macron se aproximou da cerca para cumprimentar a multidão, onde Tarel deu uma bofetada ao presidente da França.

Os guardas de segurança interviram rapidamente, detendo a ele e outro homem. O segundo detido, identificado como Arthur C., estava filmando a cena. Segundo a BFMTV, ele deixou a custódia na quarta-feira (9), mas será convocado ao tribunal em 2022 acerca da posse de armas, descobertas durante sua busca.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

(Foto: Reprodução)

Leia mais

Leia também