Homem é suspeito de estuprar criança no Espírito Santo e forçar o filho a ter relação sexual com ela, diz PC

Menina de 11 anos havia fugido de casa após uma discussão e foi abordada pelo suspeito no meio da rua. Ele foi preso preventivamente nesta quinta-feira (2).

Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) no Espírito Santo — Foto: Divulgação/Governo do ES

Por Naiara Arpini, G1 ES

Um homem de 35 anos foi preso preventivamente, nesta quinta-feira (2), suspeito de estuprar uma menina de 11 anos e obrigar o filho dele a também ter relação sexual com ela. O crime ocorreu há cerca de um mês na Grande Vitória.

Segundo a polícia, a criança contou que fugiu de casa depois de uma discussão. Os pais dela chegaram a registrar um boletim sobre o desaparecimento.

À polícia, a menina disse que tentou ir andando até a casa da avó, em um município vizinho. No meio do trajeto, ela parou em um posto de gasolina para pedir ajuda, onde foi abordada pelo suspeito e forçada a ir até a casa dele.

No local, ela foi sexualmente abusada e obrigada a ingerir bebida alcoólica.

“O suspeito a abordou, perguntou se ela estava com fome, se queria um lanche, e ele a convidou para ir a uma lanchonete a poucos metros dali. No trajeto, quando passou na frente da porta do seu prédio, ele a empurrou para dentro. Na escada, ele a sufocou pelo pescoço e forçou a entrar”, disse o delegado adjunto da Delegacia de Proteção à Criança ao Adolescente (DPCA), Douglas Vieira.

Ainda de acordo com as investigações, o filho do suspeito, de 16 anos, também foi forçado pelo pai a manter relações sexuais com a vítima.

Depois do crime, segundo o delegado, a intenção do suspeito era manter a menina em cárcere privado para continuar cometendo abusos, mas ela conseguiu fugir.

“Depois dos fatos, ele entendeu que deveria mantê-la em cativeiro, mas ele ingeriu grande quantidade bebida alcoólica e acabou dormindo. Nesse momento, a adolescente aproveitou para fugir do local e contou ajuda do filho dele”, disse.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a menina saiu do local, já durante a madrugada, e ficou andando pelas ruas. Um motorista de aplicativo percebeu a situação, ofereceu ajuda e a levou até a casa dos pais dela.

A família encaminhou a criança até uma delegacia para relatar o crime. Ela também foi submetida a exames no Departamento Médico Legal (DML), que comprovaram os abusos.

A Polícia Civil não divulgou os nomes dos envolvidos, a data e nem o município onde aconteceu o fato para preservar a vítima.

O cumprimento do mandado de prisão preventiva aconteceu enquanto o suspeito saía de casa para trabalhar. Ele foi encaminhado para o Complexo Penitenciário do Xuri, em Vila Velha.

Para a Polícia Civil, há indícios de que ele cometeu os crimes de estupro de vulnerável e corrupção de menores, além de entregar bebida alcoólica a menor de idade. A atuação do filho dele ainda será investigada.

Leia mais

Governo mantém cronograma de leilões na infraestrutura

Primeiro leilão deve acontecer dia 28 de agosto. – Foto: Marcelo Camargo/Agência...

Unidades de saúde serão 100% conectadas à internet até o fim de abril, garante Marcos Pontes

Foto: Neila Rocha/MCTIC Todas as unidades de saúde do Brasil terão conexão com internet até o final deste mês....

ES: tráfico de drogas através dos Correios aumenta durante a pandemia

A pandemia do coronavírus vem provocando mudanças na organização do tráfico de drogas no Espírito Santo. De acordo com a Polícia Federal, traficantes e...

Prefeitura de Nova Venécia institui disque-denúncia-aglomeração

A prefeitura de Nova Venécia baixou o Decreto...

Leia também

Espírito Santo: aposentado morre após ser atacado por abelhas

Ataque do enxame aconteceu no quintal da casa de José Salvador, de 57 anos.   Um homem de 57 anos morreu após ser atacado por abelhas...

Richarlison é eleito o melhor do Everton na temporada passada e recebe o prêmio de Neymar

O atacante Richarlison foi eleito o melhor jogador do Everton na última temporada, depois da votação dos torcedores do clube inglês nas últimas semanas....