ES: homem é preso após espancar a mulher na frente da filha

Uma mulher foi agredida durante várias horas pelo companheiro, no bairro Santa Bárbara, em Cariacica. Ela contou que começou apanhar por volta das 4 horas e toda confusão acabou só às 23 horas, quando a polícia foi acionada.

Pelo corpo da vítima, ficaram vários hematomas nos braços, pernas e um machucado no pescoço. A dona de casa contou que passou momentos de terror durante todo o sábado (07). Segundo a vítima, ela é o companheiro estariam passando por uma rua, por volta de 1 hora, quando ela avistou um amigo na rua e resolveu cumprimentar, desejando uma boa noite. O gesto foi o que motivou a violência.

A vítima é dona de casa e tem 23 anos. O suspeito tem 30 anos e trabalha como ajudante de pedreiro. Após a discussão que começou na rua, o casal foi para casa e continuou discutindo por mais tempo. Segundo a vítima, haviam mais duas pessoas na casa: a irmã do suspeito e a filha da vítima, de apenas 4 anos.

Quando elas dormiram, por volta das 4 horas, ele começou agredir a mulher. Segundo a vítima, o ajudante de pedreiro começou a enforcá-la, depois puxou a cabeça e começou a bater várias vezes nos braços e pernas. Quando o dia amanheceu, os dois fizeram as pazes. O homem saiu de casa, mas essa história ainda não havia terminado.

Segundo a vítima, o suspeito foi parar em um lava jato, onde faz alguns bicos, e depois foi para um bar ao lado. Ela contou que o companheiro usa drogas, mas quando bebe, fica ainda mais transtornado.

Quando o suspeito saiu de casa, a mulher disse que começou a sentir muitas dores pelo corpo. Por volta das 23 horas, ela decidiu mandar a filha até o bar e chamar pelo companheiro. Quando ele voltou para casa, as agressões voltaram a acontecer. Desta vez, a mãe apanhou na frente da filha, que ainda tentou protegê-la.

Depois de toda a confusão, a Polícia Militar foi acionada. A prisão aconteceu por volta de meia noite, já no domingo (08). Antes da prisão, ele parecia transtornado. Quando a polícia chegou, ele se rendeu e foi preso.

O caso foi parar no Plantão Especializado de Violência contra a Mulher, que fica na Ilha de Santa Maria, em Vitória. Os policiais que atenderam a ocorrência contaram que o homem, assim que foi colocado na viatura, ficou transtornado. Ele gritava que iria se machucar para depois acusar os próprios militares de agressão. O homem se debateu tanto que danificou todo o interior do veículo.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

BSF: cantor Adilson Câmara registra ocorrência policial por ter carro apedrejado

Depois do episódio de vandalismo contra veículos contendo adesivos da campanha política em Barra de São Francisco, mais um caso de violência gratuita foi...

Sesa prorroga inscrições de processo seletivo para médicos e outros profissionais de níveis Médio, Técnico e Superior

A Secretaria da Saúde (Sesa) prorrogou até o dia 05 de novembro o prazo de inscrição para os três editais de processo seletivo simplificado...

Polícia apreende arma de fogo após confusão em Água Doce do Norte

Durante a tarde desta quinta (28.05), os militares de Água Doce do Norte receberam uma denuncia anônima de que no distrito de Santo Agostinho...

Programa da Sefaz ajuda solucionar mais de 150 mil irregularidades de empresas capixabas

Um sistema exclusivo da Secretaria da Fazenda (Sefaz) já ajudou a solucionar mais de 150 mil irregularidades de empresas capixabas. O programa em questão...

Leia também

ES: suspeito de roubo é preso após bater o carro em ônibus durante perseguição policial

Um homem suspeito de utilizar um carro roubado...

Sortudo! Apostador capixaba leva prêmio de R$ 1,6 milhão na Lotofácil

O fim de semana começou muito mais feliz...

Mantenópolis volta para o vermelho no Mapa de Risco para a Covid-19

O Governo do Espírito Santo anunciou nesta sexta-feira (4) o 34º mapa de risco da Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (7)...