ES: homem é obrigado a deitar no chão e tem arma apontada para cabeça durante assalto

Um soldador foi obrigado a deitar no chão e teve uma arma apontada para cabeça durante um assalto, na noite desta segunda-feira (14), no bairro Santana, em Cariacica. Após ameaçar a vítima, os criminosos fugiram com a moto do rapaz.

O homem usava o veículo para ir ao trabalho em uma empresa que fica no município. Nesta segunda-feira (14), ele foi abordado por dois homens quando voltava para casa.

O veículo levado pelos suspeitos tem sistema corta corrente, que interrompe a partida da moto. A vítima foi, então, obrigada pelos suspeitos a ligar o veículo. Segundo o rapaz, o criminosos agiram com violência.

Após a fuga dos dois rapazes, a vítima procurou a delegacia de Cariacica e de Cobilândia, mas reclama que enfrentou dificuldades para conseguir registrar o boletim de ocorrência.

Em nota, a polícia civil informou que nenhuma unidade policial pode se negar a registrar boletim de ocorrência, ainda que não tenha atribuição para apurar o fato criminoso informado, devendo o policial civil que prestar o primeiro atendimento, orientar a vítima sobre os procedimentos a serem adotados.

Ainda sobre o atendimento, a polícia civil esclareceu que qualquer cidadão que se sinta prejudicado com o atendimento realizado, pode se encaminhar à Corregedoria e formalizar a denúncia, para que o caso seja analisado.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também