Homem amarra, amordaça e espanca funcionária de escola no Espírito Santo

Vítima foi encontrada desacordada, amarrada e deitada sobre uma poça de sangue — Foto: Reprodução/TV Gazeta

Uma mulher de 44 anos foi amarrada, amordaçada e espancada dentro da própria casa, no bairro Campo Verde, em Viana, no Espírito Santo. Um arame enferrujado foi usado pra amarrá-la e uma mordaça foi feita com cordas e um cano de PVC.

De acordo com um parente da vítima, que não quis se identificar, o homem já estava observando a região antes do crime, e pediu água antes de invadir a casa.

“Esse indivíduo durante o dia todo ficou rondando aqui na região. No final da tarde, ele pediu água a ela, ela deu a água a ele, e ele entrou no quintal. Ela falou pra ele sair, ele saiu, tomou a água. Quando ela voltou pra casa, acredito que ele aproveitou o descuido e entrou na casa”, relatou. “Ela tomou um soco no olho esquerdo e caiu, não teve reação”.

Uma vizinha chamou a guarda municipal, que pegou o homem em flagrante. Ele foi identificado como Daniel Severo da Silva, de 25 anos.

“Efetuamos a prisão dele na parte de cima, e depois fomos para a parte debaixo da casa, onde encontramos a vítima completamente amarrada e parcialmente desacordada”, lembrou o Agente Couto, da Guarda Municipal de Viana.

O cenário da crueldade em que a vítima foi encontrada impressionou até os agentes da guarda. “O cenário era o pior possível. Na cozinha, tinha uma poça de sangue. Encontramos ela no canto, amarrada com fios de eletricidade, e a cabeça muito inchada”.

A vítima foi socorrida para o pronto atendimento do bairro Arlindo Vilaschi, com vários ferimentos na cabeça, no rosto e nos pulsos. Muito abalada, ela não quis falar com a imprensa, mas a família disse que ela está descansando, porém ainda muito traumatizada. “Toda vez que chega alguém e toca no assunto ela entra em desespero, chora”, contou o parente.

Fonte: G1 ES

Leia mais

Leia também