Guarapari renova decreto e proíbe entrada de ônibus e vans de turismo durante o feriado

A  prefeitura de Guarapari, na região Metropolitana de Vitória, renovou o decreto que proíbe a entrada de ônibus e vans de turismo, até o dia 30 de setembro. A medida tem o objetivo de evitar a lotação da cidade durante o feriado de Independência da República, comemorado na próxima segunda-feira (7).

O balneário é um dos principais pontos turísticos do Espírito Santo e para controlar e impedir a entrada de turistas a prefeitura montou três barreiras sanitárias nas entradas da cidade pela BR-101, Rodovia do Sol e pelo acesso pela praia de Meaípe.

“Está proibida a entrada de vans e ônibus de turismo. Se acontecer isso, que não acontece desde o início da pandemia, eles serão convidados a se retirar do município. Caso aconteça dessa van furar o bloqueio e se evadir, nós vamos atrás com a Polícia Militar para forçar a pessoa a ir embora. Se ela entrar em casa ou pousada, serão autuados por desrespeito ao decreto”, informou o secretário de Postura e Trânsito de Guarapari, Luiz Cardozo Filho.

O decreto também mantém a proibição do aluguel de casas e apartamentos para temporada. “Se recebermos alguma denúncia de aluguel de casa, a gente vai ao local e autuar pelo desrespeito”, ressaltou o secretário.

Não está permitido que pessoas permaneçam nos riachos, cachoeiras e praias do município. O uso das praias só é permitido para a prática de atividades esportivas individuais.

O decreto ainda proíbe o transporte de passageiros em escunas e trenzinhos, a abertura e funcionamento de todos os quiosques localizados nas orlas das praias, venda de produtos por ambulantes, e proíbe restaurantes, bares, lanchonetes de venderem para consumidores em calçadas, calçadões ou faixas de areia.

De acordo com Cardozo, a ação da prefeitura é evitar que o número de casos de Covid-19 aumente no município. De acordo com os registros do Governo do Estado, até esta sexta-feira (4) Guarapari já registrou 2.916 casos da doença e 103 mortes.

“A gente gostaria que a população entenda que esse não é um momento de lazer. É um momento de ficar em casa o máximo possível, porque não sabemos quem está vindo para o município e nem se essas pessoas estão com algum sintoma que possa aumentar o número de casos”, informou.

Informações: G1

Leia mais

PA: Governo estadual flexibiliza medidas de isolamento em 32 municípios

O governo do Pará flexibilizou as medidas de isolamento social em 32 municípios do estado que integram a região metropolitana de Belém, do Marajó...

Transformação digital facilita acesso a serviços do setor de infraestrutura durante pandemia

O aplicativo InfraBR, para apoio a caminhoneiros, é um exemplo de ação do Ministério da Infraestrutura Foto: Tomaz...

Boa Esperança registra décima morte por Covid-19

O município de Boa Esperança confirmou neste sábado...

ES: homem é assassinado com cerca de 30 tiros após discutir com traficante

Um homem foi morto com cerca de 30...

Leia também

Município de Erechim (RS) vai ter novo presídio para até 1.125 detentos

Nesta semana, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o governo do estado do Rio Grande do Sul (RS) assinaram um...

Estudo feito pela Fiocruz alerta que Covid-19 pode causar danos cerebrais

Um estudo realizado no Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), em parceria  com o Instituto D'Or (Idor) e a Universidade Federal do Rio...

GO: Recursos para compra de alimentos serão ampliados no estado

O governo de Goiás receberá R$ 1,3 milhão para reforçar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O montante se soma aos R$ 4...

Espírito Santo: aposentado morre após ser atacado por abelhas

Ataque do enxame aconteceu no quintal da casa de José Salvador, de 57 anos.   Um homem de 57 anos morreu após ser atacado por abelhas...