Grande Vitória sai dos risco extremo e comércio poderá abrir de segunda a sábado

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, iniciou seu pronunciamento na noite desta sexta-feira (23) anunciando uma parceria entre o Laboratório Central do Espírito Santo (Lancen) com o Instituto Butantan, de São Paulo, a fim de adquirir mais doses de vacinas contra a covid-19. “Visitamos o local de produção e armazenamento da Coronavac, assim como o local que será a produção da Butanvac. Fizemos uma manifestação de interesse para adquirir 4 milhões de doses da Butanvac, que estará à disposição em setembro”, anunciou.

Ele também destacou que a taxa de transmissão do coronavírus está diminuindo ao comparar com os dados de fevereiro e março. “A transmissão estava altíssima entre fevereiro e 27 de março. De março até maio, reduziu um pouco. E agora, de 28 de março a 22 de abril, uma transmissão muito menor. No dia 2 de abril, a taxa estava em 1,32. No dia 19 de março estava em 1,6. Temos um dado ainda não consolidado, do dia 9 de abril, a taxa já está abaixo de 1”, explicou.

Os restaurantes poderão funcionar das 10h às 16h, assim como distribuidoras de bebidas e lojas de conveniência. No entanto, nesses dois últimos estabelecimentos, continua proibido o consumo presencial de bebidas alcoólicas. Já o funcionamento dos bares segue suspenso.

Outras 23 cidades estarão classificadas como risco moderado — atualmente, nove estão nessa situação. Nesse caso, não há restrição de dia e horário no funcionamento dos estabelecimentos comerciais. No entanto, é preciso seguir os protocolos estabelecidos pelo governo do Estado, como a limitação de um cliente por 10m², a obrigatoriedade do uso de máscaras, o distanciamento social em filas, entre outras medidas.

Com relação ao funcionamento de bares, lojas de conveniência e distribuidoras de bebidas alcoólicas, ele poderá ocorrer, nesses municípios, de segunda a sábado, até as 22h, e aos domingos até as 16h.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO EXTREMO: Domingos Martins, Ecoporanga, Mimoso do Sul, Pedro Canário e Santa Teresa.

RISCO ALTO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Montanha, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pinheiros, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Viana, Vila Velha e Vitória.

RISCO MODERADO: Alto Rio Novo, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Governador Lindenberg, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Laranja da Terra, Marilândia, Mucurici, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Leopoldina, São Domingos do Norte, São Roque do Canaã, Venda Nova do Imigrante, Vila Pavão e Vila Valério.

Leia mais

Leia também