Governo suspende aulas de crianças de até 5 anos nas redes pública e privada por 21 dias

Os secretários de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e o da Educação, Vítor de Angelo, participam de uma coletiva de imprensa, iniciada às 17 horas deste domingo (14), para atualizar informações sobre as atividades de ensino no Espírito Santo durante a pandemia da Covid-19.

O secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, anunciou que a partir de segunda-feira (15) ficará suspensa as aulas para o ensino infantil das crianças de até cinco anos de idade, em todo o Espírito Santo nas redes públicas e privadas. A medida vale pelos próximos 21 dias e atinge as cidades que estão em risco moderado e alto no mapa de risco apresentado na sexta-feira (12).

No entanto, as escolas terão um prazo de três dias, ou seja, entre segunda-feira (15) e quarta-feira (17) para que se organizem junto as famílias, uma vez que em muitos lares enquanto as crianças estudam os pais estão no trabalho.

A medida foi tomada por conta do aumento da ocupação do número de leitos pediátricos ocupados em torno de 90%, principalmente, por causa do aumento de doenças respiratórias agudas graves.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também