Governo retoma procedimentos operacionais do Programa Bolsa Família

As ações de administração de benefícios do Programa Bolsa Família pelos municípios, e as alterações cadastrais de famílias beneficiárias para a gestão da folha de pagamento serão retomadas, depois da paralisação por conta da Covid-19. A decisão do Ministério da Cidadania, por meio da Instrução Normativa nº 01/2020, e leva em consideração o encerramento do pagamento da extensão do Auxílio Emergencial neste mês.

Com a vigência da extensão do auxílio, qualquer alteração cadastral dos beneficiários do Bolsa Família não alterava o benefício recebido. Agora, os ajustes declarados no Cadastro Único voltarão a ter reflexo direto na folha de pagamento de janeiro de 2021.

Sistema Seridó gera expectativa de desenvolvimento e riqueza ao Rio Grande do Norte

Senador comemora uso do Fundo de Telecomunicações para universalizar banda larga nas escolas públicas

Anteriormente os serviços estavam parados para proteger os beneficiários do Bolsa Família e os trabalhadores que atuam nas unidades de cadastramento do Governo Federal por conta da pandemia. A princípio, a suspensão dos trabalhos teve prazo de 120 dias, a partir de 20 de março, com a Portaria nº 335. Em 17 de julho, a Portaria nº 443 prorrogou a decisão por mais 180 dias.

Foto: Agência Brasil

Leia mais

Leia também