Governo reforça ações no combate às drogas

Governo reforça ações no combate às drogas

Unidades devem atender dependentes de álcool e drogas buscando o tratamento e a reinserção social Foto: Agência Brasil

Foram publicadas nesta quarta-feira (15), no Diário Oficial da União, as regras necessárias para o Estado reconhecer uma organização da sociedade civil como Centro de Referência em Dependência Química (Ceredeq). Essas unidades atendem dependentes de álcool e drogas buscando o tratamento e a reinserção social.

O secretário nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro, explicou que o governo atua para fortalecer ações que buscam, por exemplo, prevenir o uso de drogas. “O Governo Federal tem trabalhado desde o ano passado para o fortalecimento de suas ações na área de redução de demanda de drogas, como ações para prevenção do uso dessas substâncias, além de tratamento e reinserção social de pessoas que apresentam dependência química”, afirmou Quirino Cordeiro.

De acordo com a Portaria 437, poderão ser reconhecidas como Centro de Referência em Dependência Química, as organizações da sociedade civil que estejam cadastradas na Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania.

Outras exigências são realizar atividade de prevenção ao uso ou dependência do álcool e outras drogas e também atividades de tratamento, acolhimento, apoio, além de reinserção social de dependentes químicos. A organização também deve estar vinculada a uma instituição de Educação Superior.

Para serem reconhecidas como Centro de Referência em Dependência Química, essas entidades precisam ainda realizar ações de capacitação de profissionais que trabalham na área; e fazer pesquisas, estudos ou desenvolver serviços que busquem a redução da demanda de drogas.

“Com essa iniciativa, o Governo Federal quer incentivar que as entidades da sociedade civil que trabalham com dependentes químicos possam, cada vez mais, aprimorar seu trabalho, passando a ofertar ações mais efetivas”, disse o secretário.

Cordeiro ressaltou a importância do trabalho conjunto – governos federal, estadual e municipal e sociedade civil – para o enfrentamento e combate às drogas. “Temos trabalhado em conjunto com várias entidades da sociedade civil, pois temos a plena convicção da necessidade de incluirmos e mobilizarmos os vários atores que militam nas políticas públicas sobre drogas no país para que possamos ter resultados cada vez mais efetivos”.

Leia mais

Roraima, Sergipe e Distrito Federal apresentam maior incidência da Covid-19 nas últimas semanas, aponta Fiocruz

Roraima, Sergipe e Distrito Federal foram os estados que apresentaram as maiores taxas de incidência pela Covid-19 na última semana. É o que aponta...

Com maior oferta de gás natural, produtores paranaenses podem comprar fertilizantes mais baratos

Aplicados para garantir quantidade suficiente de nutrientes no solo de pastos e lavouras, 80% dos fertilizantes utilizados na agropecuária brasileira vêm de outros países....

Governo garante desconto na conta de luz durante pandemia para famílias de baixa renda

Mais R$ 250 milhões foram liberados pela Aneel para cobrir os descontos dos consumidores cadastrados no programa Tarifa...

Médica picada por cobra venenosa em cachoeira é diagnosticada com covid-19

A médica picada por uma cobra venenosa em...

Leia também

Bolsonaro convida Meneguelli para almoço em Brasília

O Prefeito Sérgio Meneguelli irá almoçar com o Presidente da República Jair Bolsonaro na quarta-feira (2) da próxima semana, ao meio dia. A primeira...

Governo do Espírito Santo autoriza volta de aulas presenciais em cidades com risco moderado para Covid-19

O Governo do Espírito Santo autorizou a retomada das aulas presenciais nas cidades que possuem risco moderado para a Covid-19. Com isso, em Vitória,...

Feira Sabores da Terra começa nesta quinta na Praça do Papa, em Vitória

Evento será realizado até o próximo domingo (29). Segundo o governo estadual, todos os protocolos de prevenção contra o coronavírus serão seguidos. Feira Sabores da...

Prorrogação da desoneração da folha de pagamento pode beneficiar indústrias paulistas

Estado com maior PIB do Brasil, de R$ 1,9 trilhão, São Paulo corresponde ao equivalente a 29,8% da indústria nacional. O setor emprega 2.922.404...