Governo participa de pesquisa da OMS sobre medicamentos

A organização do estudo é feita pelo Instituto Nacional de Infectologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Foto: Flickr MCTIC

O Ministério da Saúde está participando do “ensaio clínico Solidarity”, da Organização Mundial da Saúde (OMS) para investigar a eficácia de quatro medicamentos no tratamento da Covid-19. A organização do estudo é feita pelo Instituto Nacional de Infectologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).  

Desde a última segunda-feira (30), pacientes diagnosticados e hospitalizados em 18 hospitais de 12 estados do País já começaram a fazer uso de um dos quatro medicamentos que fazem parte da pesquisa.

“Essa pandemia, mais do que nunca, reforça a importância das pesquisas e da tomada de decisão informada por evidências científicas. Esse estudo, um mega trial multicêntrico, irá trazer informações robustas que resultarão em uma maior segurança sobre o tratamento da Covid-19. O Ministério da Saúde reconhece e valoriza a comunidade científica, que está engajada no enfrentamento a essa pandemia, atendendo prontamente as prioridades do SUS com rapidez e qualidade”, afirma Camile Giaretta, diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde.

Os medicamentos que terão a sua eficácia testada no tratamento de coronavírus são: Cloroquina e a Hidroxicloroquina, usadas contra a malária e doenças autoimunes; Combinação de remédios contra HIV, formada por Lopinavir e Ritonavir; Combinação de Lopinavir e Ritonavir em conjunto com a substância Interferon beta-1b, usada no tratamento de esclerose múltipla; Antiviral Remdesivir, desenvolvido para casos de ebola, sendo este último o único a não possuir registro no Brasil.

Além do Brasil, participam da iniciativa da OMS outros 45 países, como Argentina, França, Noruega, Espanha e Suíça. Os dados coletados de milhares de pacientes serão centralizados em uma plataforma única, gerenciada pela OMS.

Fonte: com informações do Ministério da Saúde

 

Leia mais

Cachorro Billy Desaparece em Água Doce do Norte, ajude a encontrar

Desapareceu na manhã de segunda-feira um cachorrinho de estimação que responde pelo nome de Billy, o...

Prefeitura de Boa Esperança antecipa salário de servidores municipais

O prefeito de Boa Esperança, Lauro Vieira, anunciou...

Calorão! Termômetro de Vitória registra 35ºC nesta quinta e previsão é de chuva forte

Apesar do registro, a máxima prevista para Vitória é de 31ºC, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais O capixaba que mora, ou...

Maio teve aumento de 60% no número de enterros na Grande Vitória, diz sindicato

Para o Sindefes, a ocorrência da Covid-19 tem claro impacto nesse aumento. Em Vila Velha, prefeitura contratou vagas em cemitério particular. Por Roger Santana e...

Leia também

Vacina da Pfizer contra Covid-19 entra na última fase de testes clínicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou que as empresas farmacêuticas Pfizer e BioNTech prossigam para a fase 3 do estudo clínico da...

Prazo para cadastrar barragens está acabando em Goiás

O prazo estabelecido pelo Governo de Goiás para cadastramento de barragens está chegando ao fim. Por isso, até o dia 30 de setembro deste...

Operação Focus investiga origem das queimadas no Pantanal

Técnicos do Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul, da Perícia Técnica da Secretaria de Justiça e Segurança Pública do estado, agentes...

RS: Malha de gasodutos foi expandida em 4,3 km neste ano

No Rio Grande do Sul, na região entre Três Coroas e Gramado, a malha de gasodutos já foi expandida em 4,3 quilômetros desde o...