Governo liberou em maio mais de R$ 30 milhões para obras de saneamento

Governo liberou em maio mais de R$ 30 milhões para obras de saneamento

Para ampliar os investimentos, governo articula aprovação do marco regulatório do saneamento básico.
– Foto:
MDR

Com a importância da água para os cuidados de higiene na prevenção ao novo coronavírus, o Ministério do Desenvolvimento Regional liberou, em maio, R$ 30,1 milhões para obras de saneamento básico em todas regiões do país.

Além da importância de garantir a continuidade das obras para manter empregos quando o mercado de trabalho sofre os efeitos da pandemia da Covid-19, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, destacou o peso dos investimentos em saneamento para a saúde da população.

“Cada real investindo em saneamento básico permite a economia de R$ 4 em saúde pública. O investimento permite que você tenha uma melhor agilização e racionalidade do recurso no Sistema Único de Saúde (SUS). Isso melhora a produtividade porque diminui mortalidade infantil, melhora a qualidade de vida e uma série de doenças endêmicas, crônicas, do século passado vão deixar de grassar entre a população mais humilde do nosso país”, disse o ministro.

De acordo com Marinho, a estimativa é que as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional permitam que quase 2 milhões de famílias sejam atendidas com obras de saneamento em 2020. 

Uma nova lei para o saneamento 

Para ampliar os investimentos em saneamento básico no país, o governo articula com parlamentares a aprovação do marco regulatório do saneamento básico. O texto foi aprovado na Câmara dos Deputados e aguarda votação no Senado Federal.

Ao citar que 100 milhões de brasileiros não tem acesso ao saneamento básico, o ministro Rogério Marinho defendeu a importância de atrair investimentos privados para o setor. E afirmou que para isso é fundamental a aprovação do marco regulatório, que vai garantir segurança jurídica.

“Esse marco votado vai dar segurança jurídica, estabelecer um ordenamento legal e vai permitir que os agentes privados nos ajudem nessa tarefa hercúlea, mas extremamente importante e necessária de permitir que o Brasil, nos próximos dez anos, tenha quase que 100% de cobertura de água e esgoto”, disse.

A expectativa do ministro é que ainda no mês de junho o marco regulatório seja votado no Senado. Uma vez que entre em vigência, ele estima que nos primeiros três anos seja possível atrair entre R$ 120 e R$ 150 bilhões em investimentos privados.

“E, ao longo dos próximos 10 anos algo como R$500 a R$600 bilhões, o que vai permitir que tenha de 80 a 90% de cobertura no país ao longo dos próximos 10 anos”, avaliou Marinho.

Carteira de obras e projetos 

Atualmente, a carteira de obras e projetos do Ministério do Desenvolvimento Regional na área de saneamento, entre contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados, é de R$ 24,5 bilhões para financiamentos e de R$ 21,2 bilhões para o Orçamento Geral da União.

 

Leia mais

Laboratório Central do Espírito Santo faz mais de mil exames de Covid-19 por dia e resultados saem mais rápido

Capacidade do Laboratório Central aumentou de 200 para 1.200 testes por dia durante a pandemia. Somente o Lacen já fez mais de 45 mil...

Cursos on-line estão com inscrições abertas para professores da Rede Estadual

A Secretaria da Educação (Sedu), por meio do Programa Sedu Digital, em parceria com a Fundação...

Obras de saneamento têm estímulo de R$ 34 mi em 10 estados

Mais de R$ 34 milhões serão destinados para obras de saneamento básico em 10 estado brasileiros. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), os...

Enivaldo elogia novo Fundeb e lembra suas ações quando foi prefeito de Barra de São Francisco

Idealizador e responsável pela implantação da primeira escola de tempo integral do Espírito Santo, quando foi prefeito de Barra de São Francisco, entre 1989-1992,...

Leia também

Sem acesso a crédito, setores de comércio e serviços travam investimentos em SC

A pandemia de covid-19 tem causado forte impacto na vida de quem depende do próprio negócio para sobreviver em Santa Catarina. Em Criciúma, Marilea...

Reinfecção assusta médicos: brasileira recuperada foi novamente contaminada pelo Coronavírus

Um quadro de reinfecção por covid foi identificado em uma profissional de saúde de Ribeirão Preto. Os pesquisadores identificaram a recorrência da doença em...

Suspeito de esfaquear vizinho por causa de som alto é preso em Vitória

Crime ocorreu em junho, no bairro Inhanguetá. Segundo a polícia, ele confessou o crime, mas afirmou que agiu em legítima defesa. Um homem de 30...

Larápios arrombam estabelecimento comercial no centro de Água Doce do Norte

O comerciante Aécio Vieira Ribeiro, proprietário de um hortifrúti no centro de Água Doce do Norte, na manhã de quarta-feira (05/08/2020), quando chegou para...