Governo lança sistema inédito de mapeamento em educação na saúde

Governo lança sistema inédito de mapeamento em educação na saúde

Lançamento do Sistema para Mapeamento da Educação em Saúde Foto: Erasmo Salomão / ASCOM MS

 O Ministério da Saúde lançou, nesta quinta-feira (6), o Sistema de Mapeamento em Educação na Saúde (Simapes), que permitirá a coleta e a sistematização de informações sobre a educação em saúde no Brasil e aprimorar a qualidade dos cursos técnicos e de graduação na área.

A ferramenta inédita reúne informações de bancos de dados do Ministério da Saúde, do Ministério da Educação, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e do Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde (Coapes).

Será possível monitorar, organizar, avaliar e compartilhar esses dados no portal oficial do Simapes, disponibilizando informações de interesse público para a sociedade, os pesquisadores e o Ministério da Educação.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, destacou a importância do sistema para aprimorar a qualidade dos cursos de saúde e a formação dos profissionais. “Essa é uma entrega realmente de peso. Está se falando sobre o padrão das pessoas que são formadas, do resultado efetivo de tudo que se investe nisso, público e particularmente, da dedicação das pessoas ao longo da vida e do resultado no final na ponta da linha”, afirmou o ministro.

A partir da sistematização de informações do Simapes, poderão ser feitas análises e produzidos diagnósticos dos cursos técnicos e de graduação na área da saúde. E usar esse material em medidas para melhorar a qualidade da educação em saúde no país, como, por exemplo, em mudanças curriculares, controles de admissão e comprovação de instalações adequadas para o funcionamento dos cursos. 

“O sistema vai estar de uma forma clara no nosso site, de contato direto, de hiperlink e, a partir daí, sim, poderemos observar e dar subsídio para que todos nas suas áreas possam melhorar cada vez mais”, disse o ministro Eduardo Pazuello.

As informações ainda poderão subsidiar o Ministério da Educação para a abertura de novos cursos na área de saúde. O sistema vai ajudar a identificar as demandas e necessidades de cada região, além de ser possível observar se o local ou o serviço de saúde possui estrutura necessária para ampliar ou criar cursos, como condições essenciais para aulas práticas, por exemplo.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Simapes é um passo importante para a reorganização da formação em saúde no país e trará ganhos para os profissionais, o Governo Federal e a população. Quem busca formação na área de saúde terá mais informações para encontrar uma formação de qualidade, o Governo Federal ganha mais um instrumento para estabelecer políticas públicas de educação e saúde e a população terá mais qualidade na prestação do serviço público.

Leia mais

Saneamento básico: “2033 é uma data muito otimista”, afirma presidente do Trata Brasil sobre universalização dos serviços de água e esgoto

Enquanto o planeta enfrenta uma pandemia que já matou mais de meio milhão de pessoas, o Brasil ainda discute a melhor forma de prestar...

Governo reconhece estado de calamidade pública e de situação de emergência em Vitória

Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em reunião com lideranças. Foto: Adalberto Marques/MDR A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do...

SEDH institui Comissão Permanente de Conciliação e Acompanhamento dos Conflitos Fundiários

A Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) publicou no Diário Oficial do Estado, nesta quinta-feira (13), a Portaria Nº 037-R, que institui a Comissão Permanente...

MP e PM cumprem mandados em operação contra o tráfico

Foram expedidos 16 mandados de prisão e 33 mandados de busca e apreensão. Ação acontece nos municípios de Vitória, Vila Velha, Cariacica e Guarapari. O...

Leia também

Halo Solar: casal francisquense registra imagem de anel em volta do sol em Conceição da Barra; vídeo

Um casal francisquense foi destaque no jornal A Tribuna esta semana. Arlene Coimbra Lopes e Jean Rubyo moram hoje em Conceição da Barra, onde registram um...

Corregedoria padroniza procedimentos e prazos para apuração de irregularidades administrativas

A Corregedoria-Geral do Estado regulamentou e padronizou os procedimentos no âmbito do Sistema de Correição do Poder Executivo Estadual (Siscores). A Portaria nº 012-R,...