Governo lança Programa Emergencial para ajudar pequenas e médias empresas durante pandemia

49681126912_9807c74e3d_o.jpg

Para o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Da Costa, a medida fará com o que o Brasil consiga retomar as atividades mais rapidamente
– Foto:
Washington Costa/Ministério da Economia

Para facilitar o acesso de pequenas e médias empresas a empréstimos diante dos impactos econômicos decorrentes da pandemia do novo coronavírus, o Governo Federal lançou o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito. O programa atuará dando garantia aos agentes financeiros para que concedam os empréstimos. 

A medida provisória que cria a iniciativa foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta terça-feira (2). De acordo com o Ministério da Economia, o programa deve estar regulamentado e em operação no final de junho. 

Será oferecida garantia para os empréstimos realizados até dezembro de 2020 às pequenas e médias empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões, valor apurado em 2019. A estimativa é atender empresas que empregam 3,3 milhões de trabalhadores. A utilização dos recursos será livre, dessa forma as empresas poderão reforçar o capital de giro. 

“Isso fará com o que o Brasil consiga retomar as atividades mais rapidamente, além de preservar empregos em território nacional”, avaliou Carlos da Costa, secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia. 

O Ministério fica autorizado a aportar, de imediato, R$ 5 bilhões. Até o final do ano de 2020 poderão ser feitos novos aportes, no valor total de até R$20 bilhões. O programa será operado nos moldes do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI). Para cada R$ 1 destinado ao fundo, estima-se que possa garantir e destravar até R$ 5 reais em financiamentos. 

“O governo está disponibilizando até R$ 20 bilhões para servir como garantia e, assim, fazer com que o dinheiro chegue na ponta. Isso se soma a outras iniciativas de crédito, como o Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), que também estamos regulamentando e que deverá chegar nos próximos dias para ajudar nossas microempresas”, explicou Carlos da Costa. 

Ficará a cago do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a administração dos recursos e outorga das garantias aos agentes financeiros que emprestarem recursos no âmbito do programa. A prestação de garantia será de até 80% do valor de cada operação da empresa com o agente financeiro. 

Estudos prévios da equipe técnica do Governo Federal estimam que, para cada R$ 100 do Tesouro Nacional aplicados no programa, há potencial de impacto de R$ 100 em salários de empregados nas firmas apoiadas, sem contar os benefícios indiretos da preservação dos negócio.

Leia mais

Espírito Santo adota medidas para minimizar riscos da população em situação de rua em meio à pandemia do Covid-19

A Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), por meio da Coordenação de Políticas de População em Situação de...

Espírito Santo chega a 1.223 mortes e 31.772 casos confirmados de Coronavírus

O Espírito Santo registrou, até esta quinta-feira (18), 1.223 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 31.772, sendo que 5.853 são...

Lei que determina desconto em mensalidade escolar durante a pandemia é promulgada no Espírito Santo

Pais, alunos e responsáveis pelo pagamento de mensalidades em instituições de ensino tiveram uma boa notícia da Assembleia Legislativa (Ales) na tarde desta segunda-feira, 22. O...

Suspeito de abusar sexualmente da própria filha e da sobrinha é preso no Espírito Santo

Um homem suspeito de abusar sexualmente da própria filha e da sobrinha foi preso nesta quarta-feira (2) em Guarapari, no Espírito Santo. A equipe da...

Leia também

Equipe do SESI Goiás é premiada em torneio nacional de robótica focado no combate à Covid-19

Alunos da Escola SESI Planalto, em Goiânia, foram premiados no Torneio SESI de Robótica – Desafio Covid-19. O torneio nacional contou com quase dois...

Com sistema sanitizante para estabelecimentos comerciais, equipe do SESI Barra Bonita é premiada em torneio nacional de robótica

A pandemia de Covid-19 trouxe junto a ela a necessidade de higienização de mercadorias, já que o coronavírus pode sobreviver por vários dias na...

BA: Projeto de esterilização de livros por ozônio é premiado em torneio nacional de robótica com foco no combate à pandemia

Com o objetivo de reduzir o impacto causado pela Covid-19 no empréstimo de livros, a equipe Robolife, do SESI Candeias, na Bahia, desenvolveu uma...

Sancionada lei que aumenta punição para maus-tratos de animais

A prática de abuso e maus tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e...