Governo Federal repassa mais R$ 2,68 milhões para cidades baianas atingidas por chuvas intensas

Compartilhe

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, repassou, nesta quarta-feira (15), mais R$ 2,68 milhões a cinco cidades baianas afetadas pelas fortes chuvas que atingem o estado desde o fim de novembro. Com esses recursos, cerca de R$ 11,2 milhões já foram disponibilizados pela Defesa Civil Nacional para ações de resposta ao desastre natural.

Foram repassados R$ 804,9 mil para Itajuípe, R$ 336,4 mil para Teolândia, R$ 546,1 mil para Macarani, R$ 687 mil para Teixeira de Freitas e R$ 312,5 mil para Itamaraju. Os recursos serão usados na compra de alimentos, colchões e kits de dormitório e de kit higiene pessoal.

Nesta semana, a Defesa Civil Nacional já havia repassado R$ 8,5 milhões para as cidades de Jiquiriça (R$ 1,1 milhão), Guaratinga (R$ 888 mil), Itambé (R$ 376 mil), Eunápolis (R$ 2,5 milhões), Itamaraju (R$ 1,86 milhão), Jucuruçu (R$ 543,7 mil), Maragogipe (R$ 503,8 mil), Ibicuí (R$ 433,9 mil) e Ruy Barbosa (R$ 260,1 mil). Saiba mais neste link.

Outros estados

Além das cidades baianas, Iretama, no Paraná, e Grão Pará, em Santa Catarina, também receberam recursos do Governo Federal para ações de defesa civil.

A cidade paranaense terá acesso a R$ 754 mil para elaboração de projeto executivo e reconstrução de uma ponte danificada por enxurradas. Já o município catarinense vai contar com R$ 1,2 milhão para reconstrução do ginásio municipal, que foi atingido por um vendaval.

Como solicitar recursos federais

Para solicitar recursos federais para ações de defesa civil, os estados e municípios afetados por desastres naturais devem ter decretado situação de emergência ou estado de calamidade pública. Em seguida, o reconhecimento federal deve ser solicitado ao MDR, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). O pedido deve atender aos critérios da Instrução Normativa n. 36/2020.

Após a publicação do reconhecimento federal por meio de portaria no DOU, o estado ou município podem solicitar repasses para restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura pública danificada pelo desastre.

Com base nas informações enviadas por meio do S2iD, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.

Foto: Divulgação/Defesa Civil RSFoto: Divulgação/Defesa Civil RS

Leia também

Brasileiro Feminino: Corinthians bate Cresspom em jogo 100 de Tamires

O Corinthians assumiu, provisoriamente, a vice-liderança da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Neste domingo (15),...

ES: homem é preso pela segunda vez em 48 horas por agredir a companheira

  Um homem de 44 anos foi detido pela segunda vez, em um intervalo de 48 horas, pela Guarda...

Governo federal regulamenta o teletrabalho na administração pública

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (17) que publicará um decreto presidencial estabelecendo a possibilidade de trabalho remoto...

Mais de 1.000 presos são liberados para “saidinha” do Dia das Mães nesta quarta

Apesar do Dia das Mães ter sido celebrado no último domingo (08), 1.014 presos foram liberados para a...

Brasil deve mostrar que rejeita “aventuras autoritárias”, diz ministro

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, disse hoje (17) que o que ocorre no...

Vila Pavão inicia a entrega dos alimentos do programa CDA

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social, começa nesta quarta-feira (18), a partir das 8...

Governo reduz alíquotas de importação de alimentos e insumos para produção agrícola

O Governo Federal zerou a alíquota do imposto de importação de alimentos como medida para auxiliar o combate...

Obra de arte é referência para trabalho com reciclagem

  O famoso quadro “As Bolas de Sabão”, pintado por Édouard Manet, foi o tema trabalhado por uma professora...