Governo Federal repassa mais R$ 2,68 milhões para cidades baianas atingidas por chuvas intensas

Compartilhe

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, repassou, nesta quarta-feira (15), mais R$ 2,68 milhões a cinco cidades baianas afetadas pelas fortes chuvas que atingem o estado desde o fim de novembro. Com esses recursos, cerca de R$ 11,2 milhões já foram disponibilizados pela Defesa Civil Nacional para ações de resposta ao desastre natural.

Foram repassados R$ 804,9 mil para Itajuípe, R$ 336,4 mil para Teolândia, R$ 546,1 mil para Macarani, R$ 687 mil para Teixeira de Freitas e R$ 312,5 mil para Itamaraju. Os recursos serão usados na compra de alimentos, colchões e kits de dormitório e de kit higiene pessoal.

Nesta semana, a Defesa Civil Nacional já havia repassado R$ 8,5 milhões para as cidades de Jiquiriça (R$ 1,1 milhão), Guaratinga (R$ 888 mil), Itambé (R$ 376 mil), Eunápolis (R$ 2,5 milhões), Itamaraju (R$ 1,86 milhão), Jucuruçu (R$ 543,7 mil), Maragogipe (R$ 503,8 mil), Ibicuí (R$ 433,9 mil) e Ruy Barbosa (R$ 260,1 mil). Saiba mais neste link.

Outros estados

Além das cidades baianas, Iretama, no Paraná, e Grão Pará, em Santa Catarina, também receberam recursos do Governo Federal para ações de defesa civil.

A cidade paranaense terá acesso a R$ 754 mil para elaboração de projeto executivo e reconstrução de uma ponte danificada por enxurradas. Já o município catarinense vai contar com R$ 1,2 milhão para reconstrução do ginásio municipal, que foi atingido por um vendaval.

Como solicitar recursos federais

Para solicitar recursos federais para ações de defesa civil, os estados e municípios afetados por desastres naturais devem ter decretado situação de emergência ou estado de calamidade pública. Em seguida, o reconhecimento federal deve ser solicitado ao MDR, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). O pedido deve atender aos critérios da Instrução Normativa n. 36/2020.

Após a publicação do reconhecimento federal por meio de portaria no DOU, o estado ou município podem solicitar repasses para restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura pública danificada pelo desastre.

Com base nas informações enviadas por meio do S2iD, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.

Foto: Divulgação/Defesa Civil RSFoto: Divulgação/Defesa Civil RS

Leia também

Alunos de 2º ao 5º ano da rede municipal de ensino francisquense sendo avaliados

Desde o início desta semana, as escolas da rede municipal de ensino estão realizando provas para avaliação dos...

Iolanda Neves é eleita a Gari do Ano da prefeitura de Barra de São Francisco

A prefeitura de Barra de São Francisco, estará entregando, neste sábado, 14, às 19h, durante a Feira Gastronômica...

HEPATITE B: sintomas, fases, contaminação e prevenção

A Hepatite B é uma inflamação causada por um vírus chamado Vírus da Hepatite B. Uma vez que...

Brasil: mulher descobre traição e cola cartaz no carro do companheiro: “Crie vergonha”

Um cartaz escrito à mão e colado na lateral de um carro chamou a atenção de quem passou...

ES: homem é preso pela segunda vez em 48 horas por agredir a companheira

  Um homem de 44 anos foi detido pela segunda vez, em um intervalo de 48 horas, pela Guarda...

RJ: polícia prende suspeitos de assassinar papiloscopista

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu ontem (15) quatro suspeitos de envolvimento no assassinato de papiloscopista...

Vila Pavão inicia a entrega dos alimentos do programa CDA

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social, começa nesta quarta-feira (18), a partir das 8...