Governo Federal lança Cadastro-Inclusão para facilitar acesso de pessoas com deficiência a políticas públicas

Compartilhe

Menos burocracia, maior eficiência e redução de custos para o Estado e para as pessoas com deficiência. Este é objetivo do Cadastro Nacional de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Cadastro-Inclusão), apresentado pelo Governo Federal nessa segunda-feira (21/03), em Brasília. O lançamento da primeira etapa da nova ferramenta integra uma série de novas ações para as pessoas com deficiência, anunciadas durante a cerimônia em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down.

A iniciativa é fruto de parceria entre o Ministério da Economia (ME), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). A estimativa é de que os dados dos cerca de 17,3 milhões de pessoas com deficiência no país possam compor a plataforma e facilitar o acesso a mais de 30 políticas públicas.

O serviço está disponível pelo aplicativo Meu INSS, por meio do login na conta gov.br, que disponibilizará para a população um certificado como forma de comprovação da condição de deficiência em um documento oficial, chancelado pelo Estado. Para gestores públicos, o acesso será feito por meio do API Pessoa com Deficiência.

As informações que compõem neste momento a ferramenta são aquelas do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e da aposentadoria de pessoas com deficiência (Lei Complementar 142/2013). Na sequência, serão inseridas as informações da nova avaliação biopsicossocial.

Digitalização inclusiva

O Cadastro-Inclusão faz parte dos mais de 4,9 mil serviços presentes na plataforma gov.br, o meio de relacionamento digital do estado brasileiro com o cidadão. Lançada em julho de 2019, a plataforma é uma política pública extremamente bem-sucedida e conta hoje com mais de 126 milhões de usuários cadastrados. São serviços essenciais disponíveis na palma da mão, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Com o consentimento do cidadão, os dados são utilizados para a aplicação de políticas públicas e a realização de serviços públicos, quando ele os solicita. O usuário, por sua vez, tem controle pela própria plataforma sobre quais órgãos do Governo Federal estão utilizando suas informações e para quais serviços. E pode retirar esse consentimento a qualquer momento.

 

 

Leia também

Preço da gasolina deve cair R$ 0,36 no Espírito Santo

  A partir do dia 1º do mês que vem, a alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e...

Festa de São Pedro começa nesta sexta, 1º, com fogueira gigante e desfile de escolas municipais

A Festa de São Pedro, que acontece no terreno da rodoviária, a partir das 18h desta sexta-feira, 1º...

Governo Federal vai investir R$ 9 milhões em obras da CBTU da Grande Natal

O Governo Federal vai investir mais 9 milhões de reais para a ampliar o sistema de transporte público...

Rio registra queda de 21% no número de homicídios dolosos em maio

O estado do Rio de Janeiro tem registrado queda nos crimes contra a vida este ano. Segundo o Instituto de...

Moto é encontrada queimada em Mantenópolis

Uma moto foi encontrada queimada na manhã desta quinta-feira, 30 de junho de 2022, em Mantenópolis. De acordo com informações...

Sopão Popular serviu 4.306 refeições em um mês

Inaugurado no dia 25 de maio de 2022, pela prefeitura de Barra de São Francisco, o Programa Refeição...