Governo Federal já recebeu R$ 20,3 milhões em doações para combater pandemia

Compartilhe

Governo Federal já recebeu R$ 20,3 milhões em doações para combater pandemia

Cidadãos e empresas doaram insumos hospitalares como máscaras, álcool em gel, termômetros e jalecos.
– Foto:
Reprodução

O Governo Federal já recebeu R$ 20,3 milhões em doações para reforçar o combate à pandemia do novo coronavírus. Cidadãos e empresas doaram insumos hospitalares como máscaras, álcool em gel, termômetros e jalecos, e até equipamentos mais complexos, como respiradores, além de tablets e computadores para auxiliar os servidores públicos no trabalho remoto.

Para continuar doando, as inscrições foram prorrogadas. Elas se encerrariam nesta segunda-feira (4), e agora podem ser realizadas até as 18h do dia 15 de maio pelo e-mail doacoes@economia.gov.br. Mais informações podem ser obtidas na página do Chamamento Público nº 1/2020.

“O governo tem investido não só em mudanças nas legislações para acelerar as compras de insumos de saúde no período da pandemia, como também na ampliação das formas de doações para que a sociedade possa atuar em colaboração com o poder público de forma mais efetiva”, disse o secretário de Gestão, Cristiano Heckert. 

Recentemente, duas empresas doaram, cada uma, R$ 2,4 milhões para o transporte aéreo de 200 milhões de máscaras cirúrgicas e 40 milhões de máscaras padrão N95 vindas da China, adquiridas pelo Ministério da Saúde. Outra doação recebida recentemente pelo Ministério da Economia contabilizou R$ 2 milhões em  notebookstablets, em resposta ao Chamamento Público n° 2, que continua aberto até o dia 13 de maio.

“Estamos recebendo doações realizadas por diversos segmentos da sociedade. A mobilização de todos é essencial para que não faltem insumos para complementar as ações do Governo Federal no combate à pandemia”, destacou Heckert.

Recentemente, houve a ampliação do rol de doações, com a inclusão da possibilidade de o governo assumir os encargos ou condições estabelecidos pelo doador do bem, do serviço ou da tecnologia. As regras estabelecidas pelo Decreto nº10.314/2020, publicado em 17 de abril, valem para qualquer pessoa física ou jurídica, nacional ou estrangeira, em situação regular no País.

Além do recebimento de doações de insumos de saúde, o Governo Federal já investiu mais de R$ 1 bilhão em compras públicas no combate à Covid-19.

Como doar

Além do Chamamento Público, cidadãos e empresas podem ajudar por meio do Reuse, que inclui doações com ou sem ônus para o governo. Primeiro, o usuário deve se cadastrar no portal Gov.br. Após completar o cadastro, basta acessar o site e incluir as doações na opção “quero doar”. O interessado deve incluir as informações sobre o produto ou serviço, anexar fotos e indicar, opcionalmente, se a doação é para um órgão específico. 

Ao finalizar, a oferta do doador será analisada pela Central de Compras do ME. Concluída a avaliação, o anúncio do doador será publicado automaticamente pelo Reuse e ficará disponível durante dez dias.

Leia também

Escola da Vila Luciene promove Arraiá neste sábado (09)

A Escola Municipal Luciene Matos Ferreira, no bairro Vila Luciene, promove neste final de semana, 09/07, às 18h...

Medidas de simplificação buscam incentivar setor aéreo nacional

O setor aéreo brasileiro ganhou um impulso a partir da publicação da Lei nº 14.368, que atualiza a...

Feira de Negócios Agro Coopeavi começa nesta quinta-feira (07)

  Contagem regressiva para a volta da Feira de Negócios Agro Coopeavi. Serão duas edições presenciais: entre amanhã e...

Litro da gasolina deve ficar R$ 0,81 mais barato nos postos do Espírito Santo, diz governador

O preço do litro da gasolina deve ficar R$ 0,81 mais barato nos postos do Espírito Santo. O...

Juarez Oliosi e Jorge Machado conquistam calçamento para Cristalina e Poção

  Os vereadores Juarez Oliosi (PSB) e Jorge Machado (DC) divulgaram na última Sessão ordinária, que após esforços, conseguiram...

Investimentos em UTIs e leitos que ficaram para a sociedade pós pandemia

Oi gente, tudo bem com vocês? Fabi Costa aqui para o nono episódio da série de podcasts, Onde tem...

Descaracterização de barragens pode ser antecipada

O esvaziamento da barragem é a principal etapa do trabalho de eliminação da estrutura. A atividade é executada...

Emendas de Majeski à LDO priorizam transparência, educação, meio ambiente e controle de gastos

Uma das orientações apresentadas pelo deputado acaba com o pagamento de jetons para secretários, diretores e gerentes participarem...