Governo Federal entrega Contorno Rodoviário em São Pedro da Cipa

Governo Federal entrega Contorno Rodoviário em São Pedro da Cipa

Com a conclusão da obra, o trânsito de caminhões pesados deixa de passar por dentro do perímetro urbano da cidade Foto: Ministério da Infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), entregou, nesta segunda-feira (7), o novo contorno rodoviário na BR-163/364/MT, no município de São Pedro da Cipa, região produtora de grãos no sul do estado de Mato Grosso. Ao todo, foram investidos R$ 11.143.874,77 na obra.

“Essa é uma obra que trará grande impacto social e com relevância logística, trazendo mais segurança aos usuários e fluidez no tráfego”, declarou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

Ao longo do contorno, foram construídas duas pontes (84 metros cada), localizadas sobre o rio São Lourenço. Com a conclusão da obra, o trânsito de caminhões pesados deixa de passar por dentro do perímetro urbano da cidade.

Importância

Em Mato Grosso, a BR-163/364/MT é o principal corredor logístico usado no escoamento da produção do agronegócio. Por dia, trafegam pela região aproximadamente 15 mil veículos de cargas, conforme dados da concessionária da rodovia. O trecho é muito utilizado para o transporte de grãos de Mato Grosso para os portos de Santos (SP), de onde as cargas são embarcadas para o mercado internacional.

Em 2020, este é o segundo contorno rodoviário entregue pelo Dnit ao longo da BR-163/364/MT. Antes, no mês de agosto, a autarquia liberou o contorno rodoviário no município de Juscimeira, com 7 quilômetros de extensão. Atualmente o fluxo de veículos pesados não passa mais por dentro da via principal da cidade.

Os contornos de São Pedro da Cipa e de Juscimeira fazem parte do lote 1 da obra de duplicação da BR-163/364/MT. As obras estão divididas em três lotes, que totalizam uma extensão de 174 quilômetros, entre Cuiabá e Rondonópols, e contam com obras de duplicação e de restauração da rodovia BR-163/364/MT.

Com informações do Ministério da Infraestrutura

Leia mais

Leia também