Governo federal e UFT vão promover capacitação profissional de 1.200 mulheres em situação de vulnerabilidade

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e a Universidade Federal do Tocantins (UFT) firmaram um acordo de investimentos por meio do projeto Qualifica Mulher. O objetivo do programa é promover a capacitação profissional de 1.200 mulheres em situação de vulnerabilidade social no Tocantins.

Serão beneficiadas mulheres entre 22 e 55 anos, com atenção especial às quilombolas, ribeirinhas e periféricas. O projeto promoverá 11 cursos, com atividades que incluem aprendizados como motivação e autoestima, leitura, saúde e direito da mulher, além das capacitações sobre as formas de prevenção de violências e empreendedorismo. 

As inscrições de cada curso serão divulgadas por meio do site oficial da UFT e em cada município, por meio das Secretarias de Desenvolvimento e dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). Os primeiros dois projetos vão de março a junho deste ano, destinados a 300 pessoas. O governo federal destinou mais de R$ 500 mil para as atividades. 

Cursos UFT e governo federal: Divulgação/UFT

Leia mais

Leia também