Governo Federal disponibiliza primeira base de dados nacional sobre trânsito

O Governo Federal disponibilizou a primeira base nacional de dados já desenvolvida sobre acidentes de trânsito no país. O sistema, chamado Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (Renaest), está sendo implementado pelo Ministério da Infraestrutura (MInfra), por meio do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

O sistema centralizará informações como: número de ocorrências, de mortos e feridos, perfil das vítimas, condições das vias e dos veículos e as principais causas dos acidentes. As estatísticas serão disponibilizadas a todos por meio de um painel on-line, com os principais indicadores de acompanhamento, com base no que prevê o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans).

“Por meio desses dados, será possível fazer um diagnóstico dos acidentes de trânsito no Brasil, monitorar quais são os trechos de rodovias e vias urbanas mais críticos e, a partir daí, adotar as medidas necessárias para prevenir a ocorrência de acidentes, minimizar a gravidade das lesões, diminuir o número de mortes, enfim, garantir um trânsito mais seguro para todos”, declarou o diretor-geral do Denatran, Frederico Carneiro.

Até o momento, três estados já abasteceram o sistema com dados sobre acidentes de trânsito: São Paulo, que possui a maior frota de veículos do país; Roraima e Rondônia. Porém, outros 11 estados estão em fase final para serem incluídos ao sistema, com previsão até junho de 2021. Gradativamente, o mapa será provido com informações de todas as unidades Federativas.

Saiba mais sobre o Renaest

Governo Federal disponibiliza primeira base de dados nacional sobre trânsito

O estado de São Paulo, que possui a maior frota de veículos do país, já abastece o sistema com dados Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Leia mais

Leia também