Governo Federal detalha ações econômicas implementadas para minimizar os impactos da pandemia

Governo Federal detalha ações econômicas implementadas para minimizar os impactos da pandemia

Coletiva de Imprensa com os Ministros da Economia e Casa Civil – Foto: Alan Santos/PR

Nesta quarta-feira (29), os ministros da Casa Civil, general Braga Netto, e da Economia, Paulo Guedes, participaram da coletiva de imprensa, realizada no Palácio do Planalto e detalharam as ações do Governo Federal no combate aos impactos da pandemia do novo coronavírus. 

O chefe da Casa Civil informou que já foram repatriados 18 mil brasileiros e explicou um pouco mais sobre o programa Pró-Brasil. “Os ministros começaram a procurar a Casa Civil para apresentar programas de investimentos e crescimento do País. Assim, começamos a trabalhar na integração de todos esses programas. Ainda não temos valores a apresentar sobre o Pró-Brasil, mas não vamos sair do trilho programado pela Economia. E quem vai priorizar as ações no final é o presidente da República”.

O chefe da Casa Civil também agradeceu as ações voluntárias, como por exemplo o projeto do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) “Iniciativa + Manutenção de Respiradores”  para conserto de respiradores que não estejam em plenas condições de uso; e a doação de R$ 2,8 bilhões feita pelo laboratório Bayer para o combate ao novo coronavírus.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, também disse que o presidente Jair Bolsonaro defende um programa econômico muito claro. “O formato antigo de juros muito altos e impostos elevados prejudicou a economia. Hoje estamos reduzindo e simplificando impostos, baixando os juros e mantendo o câmbio num patamar que estimule as exportações”, disse. 

“Temos um programa de descentralização de recursos, promessa de campanha do presidente que sempre defendeu mais Brasil e menos Brasília. Vamos descentralizar recursos para estados e municípios. O presidente determinou que nenhum brasileiro vai perder vidas ou emprego, que ninguém ficará para trás”, reforçou Paulo Guedes.

Guedes enfatizou ainda que: “hoje são 60 milhões de pessoas recebendo o benefício emergencial de R$ 600. Isso é algo inédito. O que outros governos demoraram anos para fazer, fizemos em meses. Também estamos suplementando o salário do trabalhador que o patrão não pode pagar”.

 

Leia mais

Barreira Sanitária no aeroporto começa a funcionar nesta sexta-feira (27)

O Governo do Estado do Espírito Santo, por...

Governo entrega alimentos para comunidade cigana no DF

Cerca de 40 fam;ilias integram a comunidade cigana Nova Canaã. – Foto: ...

Mídia portuguesa afirma que Jorge Jesus fechou contrato com o Benfica por 3 anos

Vários veículos da imprensa de Portugal afirmam nesta sexta-feira, 17, que o Benfica fechou a contratação de Jorge Jesus, técnico do Flamengo. Segundo as...

Leia também

Penha Cimadon é a entrevistada do Dipapo desta quinta-feira (01)

A próxima edição do programa Dipapo, projeto idealizado pela empresária, Dani Ferrari, juntamente com a Image Produções e a Rede Notícia, vai ao ar...

Justiça impede retomada das aulas presenciais nas escolas particulares do Espírito Santo

Autorizadas pelo Governo do Estado a retomar suas atividades presenciais a partir do dia 5 de outubro, as escolas particulares do Espírito Santo estão...

Disputa entre “Boca de baleia” e “Jacy Obama” vira piada em Água Doce do Norte

Água Doce do Norte viverá esse ano uma das políticas mais hilárias dos últimos anos. Entre os candidatos estão dois políticos que protagonizaram grandes...

Juiz Eleitoral de Mantena homologa acordo proibindo comícios, caminhadas, passeatas e reuniões

Em reunião no Cartório Eleitoral de Mantena, na última terça-feira, (29), com a presença do  Juiz Eleitoral da 169ª Zona Eleitoral de Mantena, Thiago...