Governo Federal destina mais R$ 41,1 milhões para obras de segurança hídrica no Ceará

Governo Federal destina mais R$ 41,1 milhões para obras de segurança hídrica no Ceará

Os recursos são destinados à execução do Trecho I do CAC, que tem 145 quilômetros de extensão
– Foto:
Governo do Ceará

Nesta segunda-feira (11), o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) divulgou o aporte de R$ 41,1 milhões para obras no Cinturão das Águas do Ceará (CAC). A obra é essencial para garantir a segurança hídrica a cerca de 4,5 milhões de moradores da Região Metropolitana de Fortaleza.

Os recursos são destinados à execução do Trecho I do CAC, que tem 145 quilômetros de extensão. A porção prioritária do segmento, de 53 quilômetros, está apta a transportar as águas do São Francisco à Bacia do Rio Jaguaribe e, posteriormente, ao Açude Castanhão.

“O Cinturão das Águas do Ceará é um empreendimento vital à segurança hídrica para a população de Fortaleza e de cidades próximas. Além disso, estamos fomentando a manutenção de empregos e contribuindo com a economia local, sobretudo nesse momento de pandemia causada pela Covid-19. É o compromisso do Governo Federal com o povo do Nordeste”, destaca Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional.

Ao todo, o Trecho I tem execução física de 64,44%, segundo o governo estadual, que é responsável pela execução das obras. A previsão é que a entrega das águas do Projeto São Francisco ao Cinturão das Águas do Ceará comece a ser feita até agosto deste ano.

O total de repasses federais pactuados para o CAC é de R$ 1,7 bilhão, sendo que R$ 1,1 bilhão já foi repassado pela União ao Governo do Ceará. A expectativa é que o empreendimento seja entregue pela administração local em dezembro de 2022.

Leia mais

Leia também