Governo entrega kits de alimentos a famílias atendidas pelo Programa Forças no Esporte

WhatsApp Image 2020-06-05 at 17.57.13 (1).jpeg

Já foram distribuídos quase 30 mil kits a famílias de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.
– Foto:
Ministério da Cidadania

Os ministérios da Defesa e da Cidadania entregam kits de alimentação para 30 mil crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social em 132 municípios. A ação beneficia famílias atendidas pelo Programa Forças no Esporte (PROFESP).

Nesta sexta-feira (5), em Brasília, foram entregues cestas básicas a 50 dessas famílias. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, que participou da ação, anunciou que o programa deve receber R$ 12 milhões em novos recursos para atender mais crianças. “A partir da próxima semana, estamos preparando uma nova transferência de recursos para o Ministério da Defesa, para que o programa possa ter continuidade ao longo de todo este ano. O nosso sonho é atingir 40 mil crianças”.

Ministério da CidadaniaPrograma Forças no Esporte

O Programa Forças no Esporte atende crianças e jovens de comunidades vulneráveis e funciona no contraturno escolar, em 202 organizações militares, onde os jovens, além de participarem de atividades esportivas, didáticas e de cidadania, recebem duas refeições. 

Com o isolamento social, causado pela pandemia, as atividades do programa foram interrompidas. A distribuição dos kits de alimentação é uma tentativa de amenizar as dificuldades enfrentadas pelas famílias, que começaram receber as cestas no mês de abril. De acordo com o Ministério da Defesa, até o momento, foram distribuídos quase 30 mil kits.

As Forças Armadas montam os kits com recursos recebidos do Ministério da Cidadania, que é parceiro do programa.

Cidadania 

Durante a entrega das cestas, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, fez um balanço dos pagamentos do Auxílio Emergencial. Até agora, mais de 58 milhões de pessoas receberam o benefício e mais de R$76 bilhões foram pagos.

Segundo o ministro, na semana que vem um novo cronograma deve ser apresentado, além da possibilidade e pagamento de uma 4ª parcela. “Nós estamos preparando e, provavelmente na semana que vem, vamos apresentar o calendário de pagamento da 2ª e 3ª parcela desses lotes que são diferentes. E o ministério da Economia, junto com as equipes do ministério da Cidadania estão discutindo e avaliando a decisão do presidente de ter uma 4ª parcela”, disse.

Leia mais

Leia também