Governo do MS e pesquisadores discutem Corredor Bioceânico. Saiba mais

O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar do Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck participou nesta segunda-feira (20) de uma reunião online sobre o Corredor Bioceânico. O projeto consiste na construção de mais de 4 mil quilômetros de rodovias ligando o Oceano Pacífico ao Oceano Atlântico. O objetivo é fortalecer o comércio de países da América do Sul e o intercâmbio cultural entre as nações. Além disso, o projeto deve diminuir os custos do comércio brasileiro com mercados asiáticos.

Dados da Empresa de Planejamento e Logística (EPL) mostram que o projeto pode reduzir o custo do comércio do Brasil pelo Oceano Pacífico em 23% e reduzir o tempo da rota em 17 dias.

Governo Federal inicia mais uma etapa para construção da Rota Bioceânica

A transmissão online foi promovida pelo projeto de pesquisa e extensão da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), “Corredor Bioceânico”. Entre as obras em execução que fazem parte do projeto está a abertura de portos na cidade de Porto Murtinho, com a construção de um macroanel rodoviário e estacionamento de caminhões. A expectativa de pesquisadores é que as obras do Corredor Bioceânico também ajudem a romper o isolamento de cidades fronteiriças do Mato Grosso do Sul.

Para ver toda a discussão, basta acessar a live clicando aqui.

Leia mais

Leia também