Governo do Estado institui Sistema de Informação de Custos

Compartilhe

O Governo do Espírito Santo instituiu, na última semana, o Sistema de Informação de Custos do Espírito Santo (SIC-ES). O Sistema tem como objetivo uma maior transparência na alocação dos recursos públicos, possibilitando melhor controle e avaliação das estruturas administrativas, programas e projetos do Governo Estadual.

O projeto está sendo desenvolvido pela equipe do Tesouro Estadual, em parceria com outras áreas da Secretaria da Fazenda (Sefaz), como a Gerência de Tecnologia (Getec) e a Unidade de Coordenação de Projetos (UCP). O Sistema conta ainda com a participação de representantes da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger) e do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest).

“O SIC-ES está em desenvolvimento para reunir as mais importantes informações financeiras, existentes nos mais variados sistemas de origem. Assim que concluído, ele irá permitir a gestão de uma série de informações nos mais diferentes níveis do Governo Estadual”, explicou o secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé.

A expectativa é de que o Sistema esteja em condições de uso a partir do início de 2022. “Atualmente, temos trabalhado, interdisciplinarmente, em cinco frentes, que vão desde o desenvolvimento conceitual do SIC-ES ao modelo de gestão das informações. É um trabalho intenso, mas que dará um excelente resultado para o Espírito Santo”, comentou o consultor do Tesouro Estadual Walter Luiz da Costa, que participa do desenvolvimento do programa.

O subsecretário de Estado do Tesouro Estadual, Bruno Pires Dias, destaca que, mesmo depois de concluído, o SIC-ES deverá ser alimentado pelas secretarias, fundos públicos e autarquias do Espírito Santo. “O alinhamento técnico, a padronização e a divulgação das informações vão ser feitos pela equipe técnica do Tesouro Estadual. Mas, para isso, contaremos com a colaboração dos servidores de todas as outras secretarias, que vão alimentar o sistema e permitir que possamos melhor gerir as despesas estaduais”, completou.

Leia também

PRESIDENCIÁVEIS: Ciro Gomes pretende recriar o Ministério da Indústria e do Comércio se eleito

O pré-candidato à presidência da república Ciro Gomes pretende recriar o Ministério da Indústria e Comércio, se eleito....

Prazo para regularizar dívidas com descontos acaba nesta quinta-feira (30)

Termina nesta quinta-feira (30) o prazo para que empresários possam regularizar sua situação com o fisco. Até às...

Julho terá bandeira verde para todos os consumidores do Sistema Interligado Nacional

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou na sexta-feira (24/06) a aplicação da bandeira verde para as...

Prévia da inflação atinge 0,7% em junho; vestuário, transportes e saúde concentram maiores altas

  O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) - uma prévia da inflação - ficou em 0,7%...

Festa de São Pedro: “Barra de São Francisco está voltando a ter vida e atividades”, afirma Enivaldo

O prefeito de Barra de São Francisco Enivaldo dos Anjos realizou visita no terreno da Rodoviária, onde teve...

Preconceito afeta produção de dados sobre LGBTI+

Reivindicação histórica do movimento de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis e intersexuais (LGBTI+), a produção de dados oficiais...