Governo do Estado entrega sistema de geração de energia solar para associação de agricultores de Nova Venécia

O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimentos das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Espírito Santo (Aderes), com a finalidade de fomentar políticas públicas e beneficiar os pequenos negócios, entregou um sistema de geração de energia solar para a Associação de Agroturismo e Agroindústria de Nova Venécia (Agronova).

O objetivo da entrega é disponibilizar sistemas de energia solar com tecnologia fotovoltaica, possibilitando uma alternativa de redução do custo de produção e aumento da competitividade dos produtores, além de disponibilizar equipamentos que contribuam com o processo de comercialização da economia solidária.

Segundo o diretor técnico da Aderes, Hugo Tofoli, que esteve na solenidade de inauguração do sistema, a entrega do kit fotovoltaico é fruto de uma emenda parlamentar federal destinada à Nova Venécia. “A Aderes fez a aquisição dos equipamentos do sistema fotovoltaico e aparelho de ar-condicionado, para estruturar o ponto de comercialização e reduzir as despesas com energia”, disse Tofoli.

Nesse sentido, além de atender à Agronova e ao banco comunitário Kiri Kere, o sistema de geração de energia também vai beneficiar outros empreendimentos da economia solidária em parceria com a loja da associação de produtores orgânicos, assim como uma cozinha comunitária que está sendo montada pela associação.

Para o diretor da Rede Agronova, Otamir Carloni, a economia será muito grande com esse sistema de energia solar. “Inicialmente essa ação vai beneficiar mais de 80 famílias, sendo empreendedores da loja da Agronova e da loja dos produtores orgânicos de Nova Venécia, além de atender à cozinha de produção coletiva que tem como princípio a Economia Solidária”, afirmou Otamir Carloni.

De acordo com o produtor rural associado da Agranova, Pedro Paulo Silva, esse benefício da energia solar vai agregar muito, tornando o trabalho desenvolvido cada vez mais sustentável. “A gente trabalha com agricultura orgânica, produzindo alimentos saudáveis, cuidando da natureza e do meio ambiente, e a energia solar vem como uma energia renovável e sustentável para o nosso espaço”, pontuou o empreendedor.

Já o vice-prefeito de Nova Venécia, Paulo Roberto Alves Damasceno, falou da importância da tecnologia disponibilizada para a associação. “ A energia fotovoltaica por ter uma qualidade de ser renovável não é o futuro é o presente da nossa sociedade. E a Aderes proporcionou a essa associação não só diminuir o custo com esse serviço, mas também o desenvolvimento do meio ambiente, proporcionando uma energia sustentável para nossa região”, ressaltou.

Leia mais

Leia também