Governo do Espírito Santo recebeu 81 denúncias de irregularidades na vacinação contra Covid-19

De acordo com a Secretaria de Saúde, as denúncias começaram a ser contabilizadas desde o dia 16 de janeiro. Outras 50 reclamações foram recebidas.

Vacinação contra Covid-19 no ES

Vacinação contra Covid-19 no ES

Em menos de um mês, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) do Espírito Santo recebeu 81 denúncias referentes a aplicações irregulares da vacina contra a Covid-19.

De acordo com Sesa, a pasta recebe uma média de três denúncias por dia desde o dia 16 de janeiro. O primeiro lote de vacinas contra o coronavírus chegou ao Espírito Santo no dia 18 do mesmo mês. Outras 50 reclamações, também referentes à vacinação, já foram feitas.

Tanto as denúncias quanto as reclamações são feitas por meio da Ouvidoria da Sesa.

A secretaria informou, por nota, que determinou a realização de uma inspeção no processo de aplicação dos imunizantes para verificar se os critérios de ordem de prioridade estão sendo cumpridos nas cidades.

“A Sesa esclarece que a aplicação da vacina (por parte dos profissionais de saúde) em pessoas fora do grupo prioritário constitui falta disciplinar grave sujeita à demissão dos funcionários do Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse a secretária.

Já para os trabalhadores da saúde que receberem as doses fora da ordem de prioridade, as consequências podem ir desde a abertura de um processo administrativo disciplinar, até a demissão ou rescisão do contrato de trabalho. Todas essas medidas foram oficializadas em uma portaria publicada pela Sesa ainda em janeiro.

 

Leia mais

Leia também