Governo do Espírito Santo autoriza sessões de cinema drive-in

Clientes vão poder assistir a exibição de dentro do carro. Decreto autorizando a atividade foi publicada no Diário Oficial do estado nessa quinta-feira (25).

O Governo do Espírito Santo autorizou que sessões de cinema voltem a acontecer no estado. Para isso, as exibições devem acontecer no sistema “drive-in”. A projeção terá que ser feita ao ar livre e o espectador deverá estar dentro do carro.

A resolução foi publicada no Diário Oficial nesta quinta-feira (25).

Por causa da pandemia do novo coronavírus, sessões de cinema, teatro e outras atividades culturais que pudessem provocar aglomeração e o aumento de casos de Covid-19 foram suspensas em março no Espírito Santo.

O governo estabeleceu que as sessões devem acontecer em áreas externas ou locais abertos. Os clientes devem permanecer dentro dentro de carros e fazerem uso de máscara de proteção. Deverá ainda ser mantida a distância mínima de dois metros entre os carros.

Ingressos e alimentação

O decreto estabelece que o pagamento dos ingressos deverá ser realizado preferencialmente por aplicativo ou comprado com antecedência.

A venda de alimentos e bebidas só poderá ser realizada na modalidade delivery. Não é permitido o atendimento no balcão e nem na área externa do veículo.

Banheiros

Os sanitários dos locais de exibição deverão ser mantidos limpos e deverão ser higienizados durante as sessões, a medida em que são utilizados, e as partes que necessitam de toque manual, como maçanetas e torneiras, deverão ser desinfetadas continuamente.

Os sanitários deverão ter torneiras e lixeiras com mecanismo de fechamento que dispensam o contato manual e deverão estar abastecidos com água corrente, sabonete líquido e toalhas de papel, não devendo ser utilizados secadores eletrônicos. Também deverá ser disponibilizado álcool 70% para higienização das mãos.

O cinema deverá fazer o controle para entrada no sanitário, de acordo com o número de cabines disponíveis, para evitar aglomerações.

Funcionários

Os funcionários deverão manter as mãos frequentemente higienizadas, fazer uso de álcool em gel; cobrir a boca ou o nariz com a parte interna do braço ao tossir ou espirrar ou utilizar lenços descartáveis, que devem ser imediatamente descartados e as mãos higienizadas; e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Ao receber pagamento em cartão, o cartão deve ser inserido na máquina pelo cliente para evitar o contato e a máquina deverá ser higienizada após cada utilização. Se o pagamento for realizado com dinheiro, o trabalhador deve higienizar as mãos imediatamente após o contato.

Os trabalhadores devem estar usando máscaras faciais durante todo o horário de trabalho e, se for atender um cliente a menos de 1,5 m, o funcionário deve usar o protetor “Face Shield”.

 

Leia mais

Leia também