Governo do Espírito Santo abre inscrições de cursos de empoderamento digital para mulheres

 

As capixabas poderão participar de cursos de para programação, gestão de projetos e carreira, tudo gratuitamente e ofertado em plataforma on-line. As inscrições foram abertas nesta terça-feira (20).

A medida faz parte do programa “Agenda Mulher”, do Governo do Espírito Santo, em parceria com a Recode, ONG internacional de capacitação virtual.

De acordo com a vice-governadora Jacqueline Moraes (PSB), o objetivo é promover o empoderamento digital de mulheres no estado.

“O empoderamento digital é levar esse conhecimento, em especial ao jovem, de ferramentas simples para entrar no mercado de trabalho, como curso básico de excel e power point, até a criação de aplicativos e programação”, afirmou a vice-governadora.

A parceria com a Recode garante o aprendizado no momento de agravamento da pandemia do novo coronavírus.

“Em plena pandemia, esse acordo vem reforçar a importância do empoderamento digital colocando mais mulheres na realidade virtual, na inteligência artificial como forma de estimular o empreendedorismo e reduzir as desigualdades sociais. Muitas vezes, elas estão na internet mas somente nas redes sociais. Esse conhecimento vai possibilitar às mulheres que fazem vendas on-line de mercadorias a impulsionarem esse negócio, por exemplo”, detalhou.

O curso é totalmente gratuito e pode ser realizado de dentro de casa, já que ocorrerá em ambiente virtual e emitirá certificado ao final.

Podem participar dos cursos mulheres e homens a partir de 14 anos que deseja aprender mais sobre tecnologia, aumentando suas oportunidades.

As pessoas interessadas em participar podem acessar o site e obter os detalhes sobre o projeto. Todos os cursos são gratuitos e emitem certificado reconhecido pelo mercado. As aulas podem ser feitas pelo computador ou por dispositivos móveis.

Governo do ES oferece cursos de qualificação para mulheres — Foto: Divulgação/Governo do ES

Governo do ES oferece cursos de qualificação para mulheres — Foto: Divulgação/Governo do ES

Leia mais

Leia também