Governo distribui mais 2,3 milhões de doses da vacina da Pfizer

Mais 2,3 milhões de doses da vacina covid-19 da Pfizer/BioNTech serão enviadas pelo Ministério da Saúde para todo o Brasil. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Amazonas e o Distrito Federal receberam os novos lotes ao longo dessa segunda-feira (7). A distribuição para as outras Unidades da Federação está prevista para ser concluída até quarta-feira (9).

As doses são destinadas para a continuidade da vacinação de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e trabalhadores do ensino básico. Além disso, podem ser imunizados profissionais do transporte aéreo e agentes das forças de segurança, salvamento e Forças Armadas.

Ainda nesta semana, o Ministério da Saúde prevê o envio aos estados de mais uma remessa da vacina covid-19 da AstraZeneca/Oxford. As unidades são produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Brasil, com matéria-prima importada.

O Ministério da Saúde trabalha para acelerar ainda mais o ritmo da vacinação contra a Covid-19 no país. Desde o início da campanha, já foram destinadas a todas as Unidades Federativas mais de 105 milhões de doses de imunizantes. Até o momento, mais de 71 milhões de doses foram aplicadas.

Fiocruz recebe no próximo sábado nova remessa de IFA

Uma nova remessa do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) chega ao Brasil no sábado (12) para a fabricação de vacinas covid-19 da Fiocruz. O insumo permitirá a continuidade da produção da vacina e a entrega dos imunizantes da Astrazeneca/Oxford previstos no Plano Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, até 10 de julho.

Novas autorizações

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação excepcional das vacinas Covaxin e Sputnik V pelo Ministério da Saúde, para fins de distribuição e uso em condições controladas.

A autorização da Covaxin definiu a quantidade de 4 milhões de doses, que poderá ser utilizada somente sob condições específicas determinadas pela Agência.

E no caso da Sputnik V, fica autorizada a importação excepcional e temporária correspondente a doses para vacinação de 1% da população de cada estado dentro dos cronogramas enviados para o mês de junho de 2021:

Bahia – 300 mil doses.

Maranhão – 141 mil doses.

Sergipe – 46 mil doses.

Ceará – 183 mil doses.

Pernambuco – 192 mil doses.

Piauí – 66 mil doses.

Com informações do Ministério da Saúde e da Anvisa

Governo distribui mais 2,3 milhões de doses da vacina da Pfizer

Ainda nesta semana, o Governo prevê o envio aos estados de mais uma remessa da vacina covid-19 Foto: Ministério da Saúde


Leia mais

Leia também