Governo da Bahia decreta férias coletivas para professores da rede estadual

O Governo da Bahia decretou férias coletivas para professores da rede estadual de ensino, a partir desta terça-feira (3). A medida que foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) considerou o estado de calamidade pública em todo o território baiano e a situação de emergência, em razão da pandemia decorrente da Covid-19. 

A medida se aplica a 33.391 servidores e o pagamento relacionado ao 1/3 das férias será feito em folha extra.

MEC libera mais R$ 90 milhões para retorno seguro das escolas da educação básica

Especialistas avaliam que apesar da Covid-19, 2020 não foi um ano perdido para a educação

As férias serão de 30 dias seguidos, até o dia 2 de dezembro. No País, outros 17 estados concederam períodos de 15 dias de férias para os professores e outros três estados, de 30 dias.

As aulas na rede estadual de ensino foram suspensas no dia 15 de março e a data de retorno ainda não foi definida. Segundo o Governo do Estado, as aulas só serão retomadas em condições de segurança, a partir da indicação das autoridades de Saúde.

Sala de Aula. Foto: Agência Brasil

Leia mais

Leia também