Governo assina concessão do cais pesqueiro do Porto de Fortaleza

Governo assina concessão do cais pesqueiro do Porto de Fortaleza (CE)

A empresa vai arcar com R$ 3,4 milhões em outorgas ao longo dos 20 anos de contrato
– Foto:
Divulgação/Docas do Ceará

O Ministério da Infraestrutura (Minfra) assinou o contrato que concede o cais pesqueiro do Porto de Fortaleza (CE) à empresa Compex Indústria e Comércio de Pesca e Exportação Ltda. – empresa vencedora do pregão eletrônico aberto pela CDC em março. Serão investidos R$ 10 milhões na estrutura de 11.963 m², e a expectativa é de construção de uma indústria pesqueira no local. No total, a empresa vai arcar com R$ 3,4 milhões em outorgas ao longo dos 20 anos de contrato. Esse é o segundo ativo de infraestrutura repassado à iniciativa privada em 2020. 

“O nosso programa de concessões segue o seu cronograma, e o interesse do investidor privado em nossos ativos continua. Este é o primeiro leilão que fazemos para este tipo de empreendimento e um bom indicativo da atratividade de nossa carteira para o pós-crise” lembra o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

A concessão da área deve gerar impacto de 15% nas exportações de peixes e de lagostas realizadas pelo estado do Ceará. Anualmente, cerca de 800 toneladas dos produtos pescados no cais devem ser exportadas pela empresa. Somente o cais pesqueiro deve gerar movimentação de até R$ 20 milhões por ano.

A expectativa é que as obras comecem no segundo semestre e que as operações iniciem em março de 2021. Entre as intervenções que serão feitas, estão a demolição de um prédio de três andares, melhorias no cercamento da área, além da construção da indústria de pescado em si, com câmaras de frigorífico, e locais para armazenagem e processamento de peixes vermelhos e lagostas, que seguem para exportação para cerca de dez países. A indústria deve gerar cerca de 300 empregos diretos e indiretos.

Leia mais

Leia também