Governador Renato Casagrande visita clínica de hemodiálise e garante apoio do Governo do Estado

Compartilhe

O governador Renato Casagrande encerrou sua programação na região noroeste do Estado, iniciada nesta sexta-feira, 6, com uma visita à Clínica Med.Álise Maura Maria de Paula, mais conhecida como Maura Cirilo, que está sendo implantada no bairro Irmãos Fernandes, em Barra de São Francisco e prometeu que o Governo do Estado está à disposição para apoiar o empreendimento.

Também marcaram presença no local a vice-prefeita de Ecoporanga, Ana Lúcia Alves Pereira, a Ana da Saúde e o presidente da Câmara de Vereadores daquele município, Genivaldo José de Oliveira, o Nem Gari, que salientaram a importância da clínica para a região. O município tem pelo menos 26 pessoas fazendo hemodiálise.

Casagrande destacou que o investimento das empresárias paulistas Josi e Izabeli Lopes, vai trazer mais conforto e tranquilidade para todos as pessoas que sofrem de insuficiência renal de toda a região, e parabenizou as empresárias e o prefeito Enivaldo dos Anjos, pela instalação da unidade.

O prefeito Enivaldo dos Anjos, que vinha lutando para trazer uma clínica de hemodiálise para Barra de São Francisco há muitos anos, destaca que o projeto vai trazer mais do que apenas filtragem do sangue das pessoas com problemas renais crônicos.  “A Josi (empresária Josi Lopes) nos garantiu que a empresa dela trabalha também na prevenção dos problemas renais, para evitar que as pessoas com predisposição a doenças renais tenham que fazer hemodiálise no futuro. Com o tratamento precoce, as pessoas poderão evitar ter que fazer uso da hemodiálise”, destaca.

 

A empresária Josi Lopes, por sua vez, salientou que a clínica vai entrar em funcionamento dentro de 60 a 70 dias, ou seja, até julho deste ano e terá 40 máquinas atendendo à população, o que, segundo ela, será suficiente para atender a demanda da região, que tem entre 200 e 220 pessoas em tratamento de hemodiálise na região.

 

Ela assegurou ainda que, na semana que vem chegam o restante dos equipamentos, como o ‘coração’ do serviço, que é o sistema de osmose.

 

Investimento 

 

A Prefeitura de Barra de São Francisco poderá investir cerca de R$ 1.000.000,00 este ano na aquisição de serviços da clínica de hemodiálise Med.Álise, da empresa Medsolutions, instalada no bairro Irmãos Fernandes e que começará a atender em breve.

 

A lei municipal que autoriza o município a comprar os serviços, com parâmetro nos valores pagos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) foi aprovada recentemente na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Enivaldo dos Anjos.

 

De acordo com a lei, a clínica prestará, além do serviço de hemodiálise, oxigenoterapia, tomografia computadorizada e ultrassonografia.

 

Só para o serviço de hemodiálise, a clínica deverá atender até 50 pacientes de Barra de São Francisco por mês, com mínimo de quatro sessões semanais.

 

A lei foi proposta pela administração municipal para assegurar o atendimento até que a clínica tenha condições de receber os serviços diretamente do SUS, o que pode levar até um ano.

 

A clínica de hemodiálise é uma antiga reivindicação da população francisquense e vai atender também a outros municípios da região, já que tem capacidade de atender cerca de 200 pacientes mensalmente.

 

Com a prestação desse serviço na cidade, o prefeito Enivaldo dos Anjos e o secretário municipal de Saúde, Elcimar Alves de Souza, destacam que, além de reduzir o desconforto e risco de acidentes para os pacientes de hemodiálise de Barra de São Francisco, vai trazer retorno financeiro para outras empresas da cidade, já que os pacientes de outros municípios geralmente passam o dia na cidade e trazem sempre acompanhantes, que vão consumir outros serviços, fazer compras e se alimentarem na cidade.

 

Maura Cirilo é homenageada

 

Em julho de 2019, o veículo Chevrolet Spin da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) da Prefeitura de Barra de São Francisco, conduzido pelo motorista Salmo Ferreira Rodrigues, que transportava pacientes para fazer hemodiálise em Colatina, colidiu frontalmente com um caminhão carregado de café. Eles voltavam para casa.

 

Dona Maura Maria de Paula, conhecida como Maura Cirilo moradora da comunidade do Denzol, distrito de Paulista veio a óbito no local.

 

A pedido do prefeito Enivaldo dos Anjos, a Clínica Med.Álise foi batizada com o nome da mulher, que era muito conhecida e querida no distrito de Paulista.

 

Como funciona a hemodiálise

 

Josi explica que no processo de hemodiálise a máquina basicamente faz a filtragem do sangue que deveria ser feita por esse órgão e uma das partes do processo envolve a passagem do sangue por uma máquina com água. “A osmose é feita por filtros especiais que tiram as impurezas da água utilizada no processo de filtragem do sangue do paciente.”

 

A água utilizada para hemodiálise precisa ser extremamente purificada. Resíduos de elementos como alumínio, fluoreto, cobre e zinco, comumente deixados pelo tratamento tradicional da água, podem gerar muitos efeitos colaterais nos pacientes renais.

 

Para tratar a água, o processo de osmose passa a água de um lado para o outro do equipamento através da membrana. Essa, por sua vez, retém as impurezas e poluentes, deixando a água completamente pura para o procedimento de hemodiálise.

 

Por meio dos rins nós eliminamos os resíduos tóxicos produzidos no organismo, como a ureia, os compostos nitrogenados e a creatina. Quem tem problema nos rins, porém, precisa se submeter a sessões de hemodiálise de 4 a 7 horas por dia. E pode ser pela vida toda da pessoa, se ela não conseguir um transplante.

 

“Viemos para Barra de São Francisco porque acreditamos muito no potencial da região, detectamos essa necessidade, então decidimos investir na construção desse centro de hemodiálise. Hoje, a clínica já está em fase de acabamento, bem adiantado e, em breve, chegarão os demais equipamentos. Nós já investimos mais de R$ 4 milhões nessa clínica que pode ser considerada uma das melhores do Espírito Santo. Só sistema de osmose custou R$ 600 mil”, informa a empresária.

 

Junto com a irmã, Izabeli, que atua na área administrativa, Josi avisa que veio pra ficar e pretende investir mais em saúde. “Este prédio, apesar das pessoas acharem que a clínica está demorando para entrar em operação, foi construído em tempo recorde, pouco mais de um ano e meio e estão faltando apenas detalhes para a clínica entrar em operação”, disse Josi.

 

Novos serviços

 

Nos planos da empresária está também a prestação de novos serviços no entorno da clínica, como a Tomografia Axial Computadorizada e até mesmo uma policlínica. “Como o prédio foi construído dentro dos melhores parâmetros de engenharia hospitalar, acabou ficando bem maior do que a nossa necessidade inicial. São 900 metros quadrados e, uma parte, que inclusive pode ser isolada da clínica de hemodiálise, poderá ser usada para implantação de uma policlínica, uma sala de curativos, algo que é muito necessário na cidade”, analisa a empresária.

 

Restaurante e lanchonete

 

Nos planos de Josi e Izabeli, está também a implantação de um restaurante e lanchonete ao lado da clínica e também de computadores na sala da espera. “Estamos buscando parceiros para implantar um restaurante e lanchonete aqui ao lado e também vamos colocar alguns computadores na sala de espera, para que os acompanhantes de nossos pacientes não passem desconfortos, afinal, uma sessão de hemodiálise dura, no mínimo, quatro horas”.

Leia também

Moradores registram frio e geadas nesta quinta no Espírito Santo

A frente fria ocasionada pela massa de ar polar que passa pelo Espírito Santo derrubou as temperaturas em...

Pequena indústria tem o melhor desempenho no primeiro trimestre desde 2012

O Índice de Desempenho da Pequena Indústria teve melhora e alcançou 45,5 pontos na média do primeiro trimestre...

Frio: previsão para o fim de semana tem temperaturas baixas, mar agitado e risco de geada

A frente fria que atinge o Espírito Santo nos últimos dias e levou a recordes de temperatura continua...

SUL: Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em mais 10 cidades

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu, nesta segunda-feira (23), a situação de...

Espírito Santo incorpora população em situação de rua como grupo prioritário para vacinação contra gripe

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Espírito Santo publicou uma nota técnica que inclui mais um...

VOO SIMPLES: Aprovada volta da gratuidade de bagagens até 23kg nos aeroportos

O Senado aprovou, nesta terça-feira (17), a medida provisória do Voo Simples (MP 1.089/2021). A MP altera o...

Veículo desgovernado bate em poste nas proximidades da Vila Luciene, em Barra de São Francisco

O condutor deste veículo perdeu controle de direção do mesmo e acabou rodando na pista e bateu em...