Governador entrega obras e anuncia novos investimentos em infraestrutura para região norte do Estado

Foto: Hélio Filho/Secom

O Governo do Estado está realizando mais de R$ 22 milhões em obras de infraestrutura na macrorregião norte capixaba. Nesta sexta-feira (09), o governador Renato Casagrande esteve nos municípios de Nova Venécia e Pinheiros para entregar e visitar obras, além de anunciar mais investimentos para a região. São obras de pavimentação e drenagem nas principais vias dos municípios. Casagrande também autorizou o início da última etapa das melhorias no sistema de esgotamento sanitário de Nova Venécia.

Na primeira agenda do dia, o governador visitou as obras de calçamento rural na localidade de Guararema. Em seguida, Casagrande inaugurou o calçamento do distrito de Cedrolândia. A implantação do Programa Calçamento Rural no município de Nova Venécia teve investimento de R$ 244.353,20 do Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). Foram doados 4.911,50 metros quadrados de blocos intertravados tipo holandês e 1.919,22 metros de meios-fios. Em contrapartida, o Município realiza a instalação e toda a infraestrutura necessária na obra.

“Essa parceria entre o Governo e a Prefeitura tem dado resultado. Temos certeza que esse ambiente de parceria vai continuar para que possamos continuar investindo em Nova Venécia. Estamos inaugurando e visitando diversas obras no município. Em todo o Estado já concluímos mais de 30 quilômetros de calçamento rural. Somente no Bairro Aeroporto são 18 mil metros de calçamento e mais de 1.200 metros de comprimento em apenas uma avenida. Quando investimos em calçamento, você tira a lama, o barro e a poeira da vida das pessoas e de dentro da casa das pessoas. Isso traz um pertencimento ao morador daquela localidade, que passa a valorizar mais sua casa. Passa uma tinta na fachada, conserta uma porta e uma janela”, afirmou o governador.

O secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, destacou que o Programa é uma oportunidade de estreitar as relações com as prefeituras e trabalhar em conjunto para atender com excelência e eficiência a população dos municípios. “Melhorando a trafegabilidade e o escoamento da produção. Ao todo, são 82 comunidades que serão beneficiadas, que mesmo em meio a pandemia, a Seag e o Governo não pararam as atividades em infraestrutura rural”, ressaltou.

Em Nova Venécia, o governador do Estado também assinou a Ordem de Serviço para a execução da terceira e última etapa da complementação do sistema de esgotamento sanitário do município, que terá início na primeira quinzena de novembro. Com um investimento na ordem de R$ 7 milhões, a obra tem prazo de conclusão em 2022 e vai beneficiar mais de 3.100 moradores dos bairros Bela Vista, São Cristóvão e Alvorada, na sede do município. Serão instaladas duas elevatórias de esgoto, mais de 10 mil metros de rede coletora e cerca de 1.380 ligações prediais.

“Saneamento é qualidade de vida injetada diretamente na veia. Quando você traz o saneamento às residências e aos bairros, você diminui o gasto com saúde e melhora a qualidade de vida daquela pessoa que mais necessita de investimentos do poder público”, destacou Casagrande.

Para o diretor presidente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), Carlos Aurélio Linhalis (Cael), essa obra vai transformar a realidade da região. “Saneamento é mais do que um serviço de utilidade pública e bem-estar social, é uma questão de saúde. Ter água e esgoto tratados melhora a vida, para além de promover a economia local e o respeito ao meio ambiente”, pontuou.

Além desses investimentos, o governador visitou as obras de pavimentação, drenagem e infraestrutura nos bairros Bela Vista, Vila Olímpica, Padre Geanni e Aeroporto. “Também visitamos a Avenida Guanabara. Começamos a fazer essa obra em nosso governo passado, sendo paralisada na administração seguinte. Agora damos continuidade a essa obra tão sonhada e esperada pela população de Nova Venécia. Vamos inaugurá-la o mais rápido possível. Devido à pandemia, 2020 está sendo um ano desafiador, mas estamos conseguindo executar diversas ações, realizando muitos investimentos em infraestrutura em todo Estado. Para isso, precisamos da parceria e a resposta rápida dos municípios”, afirmou Casagrande.

Por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), o Governo do Estado está investindo quase R$ 15 milhões em infraestrutura em Nova Venécia e municípios próximos, como Boa Esperança e Pinheiros – que também recebeu a visita do governador.  Além da pavimentação das vias, calçadas, que serão revestidas e padronizadas, inclusive com a implantação de rampas para acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida e piso tátil.

O secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, explicou que as obras trarão melhorias no deslocamento dos moradores. “São ruas que apresentam deficiências de pavimentação e que não atendem de maneira eficaz a mobilidade urbana. Algumas ficam com lama nos períodos de chuva e com poeira em tempos secos. As obras certamente trarão mais qualidade de vida aos moradores, trazendo um sentimento maior de pertencimento”, ressaltou.

Leia mais

Espírito Santo investiga caso suspeito de reinfecção por coronavírus

A informação foi divulgada pelo secretário Nésio Fernandes durante uma coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (11). A Secretaria de Estado da Saúde do...

Sesa divulga 27º boletim epidemiológico da dengue, zika e chikungunya

Nesta quinta-feira (09), a Secretaria da Saúde (Sesa) divulga o 27º boletim epidemiológico da dengue, zika...

Padre Orlando apoia transferência de Feriado de São Marcos

Vários comerciantes de Nova Venécia estão se movimentando...

Lancha que se acidentou na baía de Vitória navegava em lugar proibido, diz Marinha

A lancha em que a estudante de fisioterapia...

Leia também

Ministério do Desenvolvimento Regional abre consulta para elaboração Carta Brasileira sobre Cidades Inteligentes

Até 7 de novembro, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) abre uma consulta pública para a elaboração dos objetivos estratégicos e das recomendações que...

LRF proíbe gestor de assumir despesas sem caixa suficiente

Diante da crise causada pela pandemia da Covid-19, o Congresso Nacional se viu obrigado a criar um socorro a estados e municípios para minimizar...

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Quem utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS) com maior frequência avalia mais positivamente a qualidade dos serviços prestados na área de Atenção Primária...

Demora para escolher presidente da CMO atrasa votação de R$ 27,2 bilhões em créditos adicionais

A demora na Câmara dos Deputados para escolher o novo presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO) pode causar um certo impacto na economia...